Torrinha promove palestra sobre cultivo e vantagens da Macadâmia

No dia 15 deste mês, o cultivo, as vantagens e o mercado da ‘macadâmia’ são os temas de uma palestra que acontece à partir das 19h na Estação Ferroviária de Torrinha.

O evento é realizado em uma parceria do programa “Torrinha, Cidade Empreendedora”, da administração municipal, do Sindicato Rural e da Queen Nut Macadâmia, cujo objetivo é apresentar alternativas de negócios a partir do cultivo da noz.

Serão apresentados dados sobre a rentabilidade , do plantio consorciado de culturas, os valores para o investimento inicial, bem como as linhas de financiamentos.

Pequena e com sabor amanteigado, a Noz Macadâmia é cultivada em países com climas tropicais como Austrália, Brasil, Indonésia, Quênia, Nova Zelândia e África do Sul.

A Austrália é o maior país produtor. Consumir nozes de forma regular tem um efeito positivo na saúde. Uma dieta balanceada contendo noz macadâmia promove boa saúde, longevidade e redução de doenças degenerativas.

“Importante que os torrinhenses compareçam e aprendam um pouco mais sobre essa diversidade da cultura produtiva. Nossa economia ainda é estruturada em cima da agricultura e essa palestra pode ser mais uma alternativa aos produtores. A região já possui bons resultados a partir da macadamia e nós podemos fazer parte dela e contribuir com essa cadeia produtiva”, comentou Maria Lúcia Baltieri, diretora de Desenvolvimento e gestora do programa “Torrinha, Cidade Empreendedora”.

Há cerca de 7 espécies de Macadâmias, que são uma rica fonte de vitamina e trazem benefícios para o coração, perda de peso, possui antioxidantes, fibras alimentares, além de benefícios para a saúde óssea e a saúde do cérebro. Também é uma ótima fonte de hidratos de carbono como a sacarose, frutose, glicose, maltose e alguns hidratos de carbono com base de amido.

Maiores informações sobre a palestra podem ser obtidas no telefone: (014) 3656-3961.

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Cancelar resposta