“Sopão do Bem” entrega 200 marmitas a moradores do Vila Cristina

“Sopão do Bem” entrega 200 marmitas a moradores do Vila Cristina

O projeto “Sopão do Bem” entregou no final da tarde da última sexta-feira, 27 de março, pelo menos 200 marmitas à moradores carentes da região da Vila Cristina. Organizado pela presidenta do Centro Comunitário do Vila Cristina, Delvita Rodrigues de Oliveira, em conjunto com subsede em Piracicaba da Apeoesp (Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo) e o mandato popular da deputada estadual Professora Bebel (PT), o projeto foi lançado no Centro Comunitário da Vila Cristina e visa dar um prato de comida a quem tem fome.

Delvita Rodrigues destaca que com o agravamento da pandemia do coronavírus aumentou significativamente o número de pessoas pedindo um prato de comida no bairro. “Justamente por isso, decidimos desenvolver esse projeto, que vem tendo o apoio de diversas pessoas. Inicialmente, iremos entregar comida semanalmente a quem mais precisa, e já traçando uma meta de que nas próximas semanas passaremos a fornecer a refeição às segundas, quartas e sextas-feiras, sempre no fim do dia”, conta.

A deputada estadual Professora Bebel destacou que “fiquei imensamente feliz em poder participar desse projeto, voltado a entregar uma marmita para mães, crianças, homens e mulheres, pessoas que ficaram bastante agradecidas com a comida ofertada. Quem quiser colaborar, doando alimentos e ou recursos para a aquisição dos ingredientes, é só entrar em contato com o nosso

mandato popular. Sua contribuição será muito bem vinda e fundamental para que o “Sopão do Bem” possa dar comida a muito mais famílias que sofrem ainda mais com os impactos provocados pela pandemia do coronavírus”, ressalta a deputada.

Cícero Messias da Silva, 59 anos, catador de recicláveis, foi um dos beneficiados com a marmita. “Fiquei imensamente agradecido. Todo dia é assim, dependo de que alguém me dê um prato de comida, uma vez que nem sempre consigo comprar”, disse. Hatos Mikael Nascimento dos Santos Silva, de 14 anos, foi também pegar marmita para ele, os pais e mais quatro irmãos. “Fiquei muito feliz com essa ajuda para mim e minha família”, comentou.

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Cancelar resposta