Vereadores aprovaram PL criando o “Dia do Cururu” em São Pedro

Nesta segunda-feira, dia 13, foi aprovado em primeira votação, o Projeto de Lei nº 49/2019 que cria o “Dia do Cururu” na cidade, que deverá ser comemorado todo dia 19 de julho caso seja aprovado, sendo incluindo no Calendário de Eventos do Município.

O PL foi apresentado pelo vereador de São Pedro, Antônio Benedito Ferraz Toledo, conhecido como Toninho da Sorveteria (PSL), que o apresentou durante a 7ª sessão ordinária da Câmara Municipal, realizada em abril.

De acordo com o parlamentar, o Cururu foi levado a público pela primeira vez em 1910 por Cornélio Pires, grande incentivador da cultura caipira.

Ele cita ainda que Antônio Cândido, que nasceu em 19 de fevereiro de 1920, no Distrito de Recreio, município de Piracicaba e conhecido como Negrinho Parafuso, que inclusive originou uma musica de Tião Carreiro e Pardinho um dos mais famosos percussores desta cultura.

Ele foi o criador de “nem quem tussa não faiz má”, em São Paulo, no Parque da Água Branca em 1954, teve como segunda o Grande Hilário Galdinho, já morto. Cantou por toda a zona do cururu, Jaú, Bauru, Olímpia e nos estados do Rio, Guanabara e Minas Gerais. Foi ganhador dos Torneios de Sorocaba, em 1962, Laranjal e “13 de Maio de Piracicaba”. Gravou vários discos. Leu a “Bíblia”, “História Sagrada”, “Martir do Golgota”, “A vida de todos os Santos”, História do Brasil”, etc.

Destacando a importância do cururu para a cultura nacional e local, o parlamentar comemora a aprovação do PL.

“Temos muitos adeptos em nossa cidade do Cururu. É importante reconhecermos essa cultura e não deixarmos morrer. Essa é a intenção da proposta, que foi aprovada já em primeira votação, o que nos deixa muito contente, pois é um reconhecimento de sua importância”, diz ele.

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Cancelar resposta