Tanque com capacidade para armazenar 3.000 m³ de oxigênio é instalado na Santa Casa de São Pedro

Tanque com capacidade para armazenar 3.000 m³ de oxigênio é instalado na Santa Casa de São Pedro

Na quinta-feira da semana passada, dia (1/04), foi instalado um tanque de oxigênio líquido no Hospital São Lucas, conhecido como Santa Casa, em São Pedro.

O novo tanque vai garantir maior autonomia no abastecimento deste importante insumo e tem a capacidade para armazenar 3.000 metros cúbicos.

Atualmente, o consumo é de 230 metros cúbicos por semana, volume 475% maior que o registrado em média no hospital antes da pandemia, que era de 40 metros cúbicos semanais.  

Para garantir o volume de oxigênio usado atualmente, os cilindros, que tem capacidade de 10 metros cúbicos cada, são abastecidos dia sim, dia não e com o tanque, esse abastecimento poderá ser feito, em média, a cada 10 dias. Além da instalação do tanque foram realizadas obras que garantem a interligação das redes de gases para abastecimento do hospital e da UPA.

A instalação do tanque é também uma segurança para as pessoas que estão em tratamento, uma vez que com a alta demanda por oxigênio, o abastecimento tem enfrentado alguns gargalos.

Levantamento feito pelo Estado indica que 120 municípios, ou seja, 1 em cada 5, apresentam nível crítico de disponibilidade de oxigênio medicinal neste momento.

O prefeito Thiago Silva acompanhou a chegada do tanque.

“Hoje, mais do que nunca, o oxigênio é essencial para a manutenção da vida dos pacientes em tratamento, em especial os acometidos pelo novo Coronavírus, há muitos municípios que estão enfrentando situação de emergência com a falta do produto. Poder ter essa autonomia é fundamental neste momento crítico que estamos atravessando”, disse.

Últimas Notícias

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Cancelar resposta