São Pedro terá R$ 156,6 milhões no Orçamento para 2019

São Pedro terá R$ 156,6 milhões no Orçamento para 2019

São Pedro terá R$ 156,6 milhões no Orçamento para 2019. Foto Divulgação

Audiência pública realizada recentemente no Museu Gustavo Teixeira, apresentou  proposta elaborada pelo Executivo para o Orçamento de 2019 que será encaminhada para apreciação da Câmara Municipal. A estimativa é que no próximo ano a receita líquida do município seja de R$ 156,6 milhões, consideradas as receitas próprias e transferências de recursos estaduais e federais.

O secretário de Governo Pedro Aguiar deu início à apresentação dos dados feitos pela contadora Maria Alice Machado e pela assessora contábil Maria Cândida Briense Bontorim. A audiência foi acompanhada por 41 pessoas e é a primeira realizada após sistema implantado pela Prefeitura de São Pedro que permitiu ao munícipe, via internet, apresentar sugestões para o Orçamento municipal.

Por meio deste sistema foram apresentadas 13 sugestões nas áreas de Esportes, Lazer e Turismo (6), Habitação (2), Saúde (1), Mobilidade Urbana (1), Desenvolvimento Econômico (1), Saneamento e Meio Ambiente (1) e Outros (1). As sugestões serão agora analisadas pelos responsáveis de cada área sobre a viabilidade de aplicação.

A LOA (Lei Orçamentária Anual) especifica todas as estimativas de receitas  e despesas do município para o próximo ano. Além dos números da Prefeitura, com  detalhes de todas as secretarias municipais, a LOA inclui também previsões para o Saaesp (Serviço Autônomo de Água e Esgoto de São Pedro) e para a Câmara Municipal.

No projeto que será enviado à Câmara na sexta-feira também estão previstos investimentos que totalizam R$ 28,7 milhões. Nesta lista entram ações e obras como construção de creche , pré-escola e ensino fundamental no Residencial São Pedro, reforma e ampliação da Cozinha Piloto, pavimentação de vias, instalação de galerias pluviais,  construção e reformas de praças, parques e jardins, renovação da frota municipal, implantação e extensão de redes coletoras de esgoto, construção de sede própria do Caps (Centro de Atenção Psicossocial),  construção de estações elevatórias nos bairros São Dimas, Recanto das Águas, Bela São Pedro e Chácaras ABC, entre outras.

Acompanharam a audiência os secretários municipais Caio Piedade (Obras), Miriam Souza (Saúde), Clarissa Quiararia (Turismo), os vereadores Du Sorocaba, Robinho, Luiz Melado e Joice Benevides;  coordenadores municipais Leandro Carneiro (Atenção Básica), Adriana Mariano, Claudinei Arruda (Esportes), além de diretores de escolas e supervisores da Secretaria da Educação e munícipes interessados no tema.

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Cancelar resposta