São Pedro sediou a 9ª Reunião Ordinária Conjunta dos Comitês PCJ

Ontem, dia 13, aconteceu em São Pedro, no Hotel Fonte Colina Verde, mais uma Plenária dos Comitês PCJ, quando foram assinados os contratos para as cidades de Rafard e Amparo.

Um total de quase R$ 2,4 milhões será investido, por decisão dos Comitês PCJ, nos dois municípios paulistas das Bacias dos Rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí: Rafard e Amparo.

Do total investido, cerca de R$ 2,2 milhões são financiados pela Agência das Bacias PCJ por decisão dos Comitês PCJ. Outros R$ 156 mil são contrapartidas dos municípios.

Os recursos são provenientes da cobrança pelo uso da água em rios de domínio da União (Cobrança PCJ Federal) e financiarão, a fundo perdido, empreendimentos na área de tratamento de esgotos e combate à perda de água.

Os municípios foram contemplados após participarem de uma seleção técnica promovida pela Agência das Bacias PCJ e Comitês PCJ.

O maior repasse, de R$ 1.890.625,66, é para a implantação do coletor tronco de esgoto em Rafard. Somado à contrapartida de R$ 109.806,21 da prefeitura, o investimento total é de R$ 2.000.431,87.Atualmente o esgoto gerado em Rafard é direcionado a fossas sépticas ou lançado in natura no Rio Capivari.

Visando à coleta e ao afastamento do esgoto gerado, este empreendimento prevê a construção de 3.031 metros de Coletor Tronco na margem esquerda do Rio Capivari, com 53 poços de visita.

O esgoto gerado será encaminhado para a Estação de Tratamento de Esgotos – ETE que será construída no município.

Já em Amparo, o valor total do investimento é de R$ 384.721,04, sendo R$ 338.554, 52 de repasse e R$ 46.166,52 de contrapartida do tomador, o Saae (Serviço Autônomo de Água e Esgotos) de Amparo.

O município de Amparo conta com quatro Estações de Tratamento de Água (ETAs), sendo que não há previsão para o tratamento e disposição das impurezas que são separadas nos processos de floculação, decantação e filtração, descartadas diariamente na forma de lodo.

O empreendimento visa revisar, adaptar e complementar os Projetos Preliminar e Executivo de Reaproveitamento de Água e Redução de Perdas

do Sistema de Tratamento e Disposição Final dos Lodos gerado nas ETAs I, II, III e IV.

A cidade de São Pedro constantemente recebe recursos através da Agência das Bacias PCJ e Comitês PCJ.

 

 

 

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Cancelar resposta