Pastores Evangélicos receberam título de cidadão São-pedrense durante a 16ª sessão ordinária da Câmara de São Pedro

Pastores Evangélicos receberam título de cidadão São-pedrense durante a 16ª sessão ordinária da Câmara de São Pedro

A Câmara Municipal de São Pedro (CMSP) entregou, na segunda-feira (27), dois títulos de Cidadão São-pedrense aos pastores evangélicos Oswaldo Nicolau dos Santos e Dionísio José Candeias. As honrarias foram aprovadas por meio dos Decretos Legislativos nº 04/2019 e 03/2020, respectivamente, ambos de autoria do vereador Adilson de Jesus – Branco (DEM). 

O primeiro a receber a homenagem foi o pastor Dionísio José Candeias, natural da cidade de Colatina (ES). Casou-se com Clarice Garcia Candeias em 1971, com quem teve 10 filhos. Em 1982, chegou com a família em São Pedro e trabalhou na construção civil, levantando casas e igrejas tanto no município quanto em cidades da região, como Águas de São Pedro, Piracicaba, Charqueada e Ipeúna.

Foto: José Marino

“Sempre trabalhando em ajudar ao próximo, tirando jovens e adultos das drogas e levando o evangelho como forte aliado nas recuperações, sempre visitando hospitais. Se dedicou em prol dos mais necessitados, da esposa e dos filhos. É uma pessoa de boa índole, honesta e muito fiel a Deus”, justificou o parlamentar autor do projeto. 

Candeias fez uso da palavra e agradeceu o título. “Eu quero agradecer primeiramente a Deus por ter me dado essa honra. Estou recebendo meu segundo título. Há 50 anos, recebi o título de cidadão do céu e agora estou recebendo o título dessas pessoas muito amadas por Deus. Eu agradeço de todo coração, não tenho palavras. É uma honra muito grande”, falou.

Em seguida, o pastor Oswaldo Nicolau dos Santos recebeu a homenagem. Natural da cidade de São Paulo (SP), casou-se com Nanci de Camargo dos Santos, no ano de 1973, com quem teve nove filhos. Mudou-se para São Pedro em 1977, onde também trabalhou na construção civil, atividade que exerce até hoje. Realiza, junto com a igreja, projetos sociais para crianças e adolescentes, além de promover visitas a famílias e prestar apoio a futuras mães, com suporte na gestação e doação de enxovais e suprimentos para os primeiros meses do bebê. 

Santos também usou o plenário para agradecer a honraria.

“É uma honra muito grande poder estar nesta noite aqui na Casa de Leis. Temos em todas as orações apresentado a Deus as autoridades. Quando eu cheguei a São Pedro, eu mudei meu conceito de vida e louvo a Deus pela vida da cidade”, disse em parte de seu discurso. 

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Cancelar resposta