Parceria com o Sindicato dos Trabalhadores Municipais possibilita a reabertura do Centro da Terceira Idade de São Pedro

Parceria com o Sindicato dos Trabalhadores Municipais possibilita a reabertura do Centro da Terceira Idade de São Pedro

Um novo cenário para o Centro de Convivência da Terceira Idade de São Pedro está prestes a se tornar realidade.

Uma parceria com o Sindicato dos Trabalhadores Municipais de São Pedro permitirá a reabertura das atividades voltadas ao público da terceira idade. 

Fundado há 38 anos, o Centro de Convivência da Terceira Idade de São Pedro, está há quase quatro anos de portas fechadas.

Após diversas reuniões entre a diretoria do Sindicato, estando a frente a Maria José da Silva, e os associados remanescentes mais antigos da diretoria do Centro da terceira idade, Geny Zenti Garcia e Amauri de Carvalho Pinto, foi realizada uma Assembleia Geral Extraordinária, no dia 09 de novembro de 2020, às 18h00, no salão da terceira idade.

O edital, publicado no jornal Gazeta de Piracicaba, foi lido pelo diretor José Osmir Bertazzoni, discutido pelos participantes e aprovada a seguinte pauta: limitação da idade para administrar a associação (de 60 anos para 45 anos). Também que o mandato seja alterado para quinquênio e não biênio e a ratificação de parceria de autorização de uso comum. Com a parceria, o Sindicato fará a manutenção, regularização das documentações, além de manter a estrutura do prédio, como eletricidade, água, dentre outras despesas sempre em ordem.

O prédio totalmente abandonado, foi invadido, depredado e impedido seu devido uso, que é a socialização das pessoas da terceira idade, que se reuniam para o esporte, cursos, bingos e festas.            

“Após eleita a nova diretoria, em três meses começaram a surgir dificuldades. Notamos que a situação estava defasada, pedimos socorro para prefeitura, que nada fez. O tempo foi passando, o local foi totalmente depredado. Em diálogo com a Maria do Sindicato, falei que seria interessante que o sindicato e a terceira idade fizessem uma parceria”, falou Geny em tom emocionado com a notícia que a diretoria do Sindicato está disposta a enfrentar este desafio.

Segundo Maria José da Silva, diretora da sub sede do Sindicato dos Municipais de São Pedro, o maior sonho é reformar o prédio e ver a alegria novamente nos olhos dos idosos.

“Isto será possível, com a nossa parceria. A dona Geny e o Senhor Amauri, fizeram inúmeras tentativas e esforços para reativar este grande Centro e não obtiveram sucesso. Iremos unir as forças, para retomar as atividades com novos olhares e novas perspectivas”, disse. 

Estiveram presentes na Assembleia os diretores da Asapp (Associação dos Servidores Aposentados e Pensionistas da Prefeitura), Antonio dos Santos Martins de Oliveira, o Santão, e o Luiz Benedito Dell’Abio, que se colocaram à disposição os serviços da Asapp, para interagir e motivar os aposentados de São Pedro.

Também contou com a presença do presidente do Sindicato dos Municipais, José Valdir Sgrigneiro, da diretora, Ermelinda Esteves e do frequentador assíduo do Centro, o aposentado Vardo Prata. O advogado, José Osmir Bertazzoni, presidente do Instituto de Assistência Mútua dos Servidores (Instituto SIM), colocou seus serviços e se comprometeu em não medir esforços para recuperar a continuidade do centro da terceira idade.

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Cancelar resposta