Organização espera atrair 40 mil pessoas na Folia de Momo em São Pedro

Organização espera atrair 40 mil pessoas na Folia de Momo em São Pedro

A previsão do tempo não é das mais otimistas para os foliões, mas a exemplo do que aconteceu em outros anos, a chuva, que segundo a previsão do site Climatempo, tem 90% de chance de aparecer nos quatro dias de Carnaval, não deve ser impeditivo para a presença de grande público para a Folia de Momo, preparada pela Prefeitura de São Pedro, por meio da Secretaria de Turismo, Cultura, Esportes e Lazer.

Toda a folia acontece na praça da Matriz. Com o tema “A Realeza vai à praça”, o local recebeu decoração temática, com enfeites que tem desenhos originais criados pelo artista plástico Sérgio Esteves, professor de algumas oficinas ofertadas no Museu Gustavo Teixeira e destacam Colombina, Pierrô e Rei Momo com cores alegres e vibrantes, de acordo com idealização de Ivan Teixeira, diretor de Arte da Secretaria de Turismo, Cultura, Esportes e Lazer.

Além da praça, também foram enfeitados as treliças da rua Veríssimo Prado e o contorno da praça e o portal de entrada da cidade.

O clima familiar da festa volta a ser destaque na programação. Serão quatro dias de folia, entre os dias 22 e 25 de fevereiro. A programação inclui shows com a banda Vision ao vivo, todas as noites, duas matinês – no domingo e na terça – o tradicional desfile de blocos no dia 23, domingo, e abertura no sábado, com a Bateria da Escola de Samba Acadêmicos dos Piratas, e segunda-feira, com a Bateria da Escola de Samba Unidos da 29.

O clima da festa também vai passar pelo comércio, com a apresentação de uma banda itinerante, contratada pelo Comtur (Conselho Municipal de Turismo), na sexta, (21), sábado (22) e segunda (24), convidando todos que estiverem nos corredores comerciais para o Carnaval.

O desfile de blocos, no dia 23, domingo, começa às 21h. São três os blocos inscritos: Hotel São João, ADRS e Ranchão. Após o desfile no entorno da praça, começa a apresentação da banda ao vivo, com previsão para início às 23h.

Para os dias de folia, o público é estimado em 10 a 12 mil pessoas por noite e a expectativa é de grande movimento na cidade, já que a rede hoteleira está com grande movimentação, assim como as chácaras de veraneio. Nesta época do ano, a população da cidade costuma a dobrar com os turistas, chegando a 70 mil no período da folia.

Segurança reforçada para o evento

O reforço na segurança no Carnaval é prioridade do evento e começou a ser discutido ainda em janeiro, em reunião entre a Prefeitura de São Pedro e o Comando operacional das forças policiais na região, para definir as estratégias de segurança e um Carnaval bastante seguro.

Como acontece todos os anos, foram contratados seguranças particulares e instalado sistema de monitoramento, tudo para garantir a segurança dos foliões.

Há ainda um decreto que estabelece regras, como a proibição de bebidas em garrafas de vidro, uso, porte e comércio de espumas, serpentinas, tinta de cabelo e quaisquer produtos em aerosol (sprays), além do narguilé. “Este ano vamos continuar a fazer o transbordo de bebidas para recipientes de plástico.  Quem chegar com garrafas ou copos de vidro será impossibilitado de entrar com as bebidas nas áreas limitadas para a realização do Carnaval”, destacou a secretária de Turismo, Cultura, Esportes e Lazer, Clarissa Quiararia. “As espumas e serpentinas são inflamáveis. Sabemos que as crianças, principalmente, adoram, mas queremos um Carnaval tradicional, sem ocorrências e seguro”, reforçou.

Outro ponto bem claro no decreto é a proibição de som paralelo, o que inclui as caixas portáteis. O objetivo é sempre garantir o bem-estar de todos.

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Cancelar resposta