Nova empresa assume e promete concluir a obra da Estrada Vicinal São Pedro a Torrinha

Ontem, dia 24, o prefeito de São Pedro, Helinho Zanatta recebeu em seu gabinete, para entregar a ordem de serviço assinada para reativação da obra da vicinal São Pedro – Torrinha o engenheiro Silvestre Ferraz, representante da empresa DNP Terraplenagem e Pavimentadora Foresto Ltda, que estava acompanhado do engenheiro, Diego Salomon, que acompanhará a execução da obra.

Também estiveram presentes o Secretário Municipal de Obras, Caio Piedade e o Coordenador de Manutenção Rural, Valdemir Reinato.

A obra, que terá 14 km de extensão, esta sendo realizada com investimento de R$ 12 milhões do Governo Estadual e contrapartida municipal, esteve paralisada devido a 1ª colocada da licitação, a empresa DDR não ter cumprido com o cronograma estabelecido.

O secretário Caio Piedade explica que todo um ritual teve que ser adotado, antes da chamada das outra colocadas.

“Precisamos advertir a empresa, dando direito a sua defesa nos prazos legais. O não cumprimento levou a punição e a rescisão do contrato”, explica.

Seguindo as normas de licitação, foram chamadas a segunda e a terceira colocadas que não se interessaram em dar continuidade a obra, já que, segundo a Lei, é preciso assumir a obra no valor licitado pela primeira colocada recebendo somente o saldo de obra não executado e com isso cumprindo os prazos chamamos agora a quarta colocada.

“Assumimos e vamos finalizar esta obra. Isso é um compromisso nosso da empresa. Nunca deixamos de entregar nenhuma obra nesses 38 anos de mercado. Temos equipamentos, mão de obra e recurso para assumir esta vicinal. Tudo será realizado com segurança, qualidade e cuidado com o meio ambiente. Zelamos por tudo isso e iremos, inclusive, deixar tudo sinalizado”, falou Silvestre.

O prefeito Helinho Zanatta informou que a prefeitura seguiu todo processo, mas que agora confia na finalização da obra, que é de grande importância para a cidade e região.

“Esta é uma obra muito importante para toda a região, principalmente para os moradores e proprietários ruais que aguardam há 30 anos essa pavimentação. Isso fomentará ainda mais o agronegócio e o turismo que envolve as duas cidades”, destaca o prefeito.

A empresa DNP tem sua sede em Tietê e possui em seu grupo cinco concreteiras, 3 usinas de asfalto, uma pedreira e um porto de areia. Tem obras com concessionárias de rodovias, multinacionais, além de obras com o Estado através do DER.

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Cancelar resposta