Morcego positivo para raiva é encontrado na área central de São Pedro

Morcego positivo para raiva é encontrado na área central de São Pedro

O Controle de Endemias da Secretaria de Saúde de São Pedro recebeu do Instituto Pasteur o resultado positivo para raiva de um morcego encontrado no bairro Santa Cruz. O animal estava caído na rua João Teixeira da Frota e uma munícipe entrou em contato com o setor, que o encaminhou para exame diagnóstico, conforme protocolo de monitoramento de rotina da circulação viral. Este é o primeiro morcego positivo para raiva encontrado em zona urbana no município de São Pedro.

Em 2019, o Controle de Endemias de São Pedro encaminhou para análise 10 morcegos e todos os resultados foram negativos para raiva. Em 2020 já foram encaminhados 8 morcegos, com 7 resultados negativos e este positivo.

O veterinário Matheus Murbach, do Controle de Endemias, informa que na segunda-feira, dia 17, a equipe vai dar início a uma ação educativa em um raio de 500 metros de onde o animal foi encontrado. Os agentes de endemias vão percorrer as casas, orientar os moradores e realizar o levantamento vacinal da população de cães e gatos.

“O morcego encontrado é da espécie Artibeus lituratus, se alimenta basicamente de frutos, e é muito comum em nosso município. É importante lembrar que não são todos os morcegos que apresentam risco, já que apenas uma pequena parte da população de morcegos pode estar infectada com o vírus da raiva”, destaca o veterinário. Matheus informa também que os animais são importantes para a manutenção do equilíbrio ambiental, ao fazer a polinização de plantas, disseminar sementes e controlar população de insetos. “Os morcegos são protegidos pela Lei Federal nº 9605 de 1988 e, portanto, não devem ser caçados ou mortos”, orienta.

Apenas os morcegos com comportamento fora do normal necessitam de maior atenção, como por exemplo aqueles encontrados voando durante o dia, andando no chão ou caído, pendurado em cortinas e janelas, e dentro de cômodos ou veículos. Se possível, o cômodo em que o animal foi encontrado deve ser isolado ou ele deve ser colocado em um balde, pote, pano ou caixa. Ninguém deve manusear os morcegos sem proteção, mesmo os encontrados mortos.

Perigo: A raiva é uma doença fatal causada por um vírus eliminado na saliva de animais mamíferos infectados. Até o momento, não existe tratamento para as pessoas e animais que desenvolvem a doença, o que explica a importância da prevenção com a vacina. É preciso imunizar anualmente os cães e gatos contra a raiva e a vacinação é a melhor forma de prevenção da doença.

O Controle de Endemias orienta que, caso a população encontre algum morcego em situação não usual, comunique imediatamente o fato pelo telefone (19) 3481-9370.

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Cancelar resposta