Zani é pré-candidato a prefeito e destaca experiência para avançar em Santa Maria da Serra

Zani é pré-candidato a prefeito e destaca experiência para avançar em Santa Maria da Serra

O ex-prefeito de Santa Maria da Serra, Josias Zani Neto, filiado ao Cidadania, é um dos pré-candidatos ao Executivo da cidade e tentará retomar a cadeira que já ocupou entre os anos de 2009 a 2016.

Josias Zani Neto, mais conhecido como Zani, tem 51 anos, é casado com Alessandra Bozeli Zani e pai de dois filhos, Rafaela e Gustavo. Formado em Licenciatura em Geografia e História, Especialização em Administração Hospitalar e Bacharel em Direito. Foi assessor parlamentar do Deputado Federal Tito Costa em Brasília. Desde criança sempre foi interessado por política, na escola e nas faculdades que estudou, sempre esteve à frente dos Centros Acadêmicos, foi presidente do PMDB (atual MDB) por 8 anos em Santa Maria da Serra, depois filiou-se no DEMOCRATAS, partido pelo qual foi candidato nas eleições de 2008, sendo eleito a prefeito com 53% dos votos válidos e na reeleição de 2012 obteve 74% dos votos válidos (maior votação para eleição de Prefeito em Santa Maria da Serra).

Antes disso, Zani acumulou larga experiência como gestor público, sendo por muitos anos Coordenador da Saúde em Santa Maria da Serra e posteriormente Secretário de Saúde de São Pedro.

Após sua saída de prefeito, teve a experiência de ser chefe de gabinete da Liderança do Cidadania e trabalhar ao lado do deputado estadual Roberto Morais, importante liderança na região.

Para ele essa experiência “abriu ainda mais o seu horizonte”.

“Hoje me sinto ainda mais preparado para esse novo desafio. As pessoas me procuram e me pedem para que possa colocar minha experiência a favor da comunidade e é por isso que sou novamente pré-candidato a prefeito”, comenta ele.

Zani destaca que tem promovido encontros através do “Ciclo de Debates: Discutindo o Futuro de Santa Maria da Serra”, nos quais são abordados assuntos relacionados sobre o futuro da cidade e que a participação das pessoas tem sido importante nesses encontros.

“Temos promovido há algum tempo debates sobre a cidade que queremos para o futuro e as pessoas tem participado, pedido que projetos importantes sejam retomados e outros possam ser agregados, em uma gestão moderna. Santa Maria da Serra não pode parar no tempo. Temos que avançar”, diz.

Zani destaca também que o período pós-Covid vai exigir gestores experientes e preparados, sobretudo para realizar as ações necessárias em áreas importantes como saúde, educação, entre outras, mas que há um outro grande desafio: a geração de empregos e renda.

“A pandemia trouxe novos desafios para a humanidade e afetou a vida de todos e sem dúvidas pós-pandemia temos que ter uma preocupação grande com a questão econômica. A geração de empregos. Esse já era um grande desafio em nossa cidade, pois precisamos investir mais em seu desenvolvimento, que agora ganha mais força e necessidade. Como disse com a queda de arrecadação que virá após o fim da pandemia, um dos principais desafios do próximo gestor será o de controlar as finanças públicas, trabalhar para trazer emprego e renda a nossa população, pois hoje o desemprego local é grande e o poder público terá a missão de valorizar o cidadão dando à ele a oportunidade de ter a dignidade de um emprego justo para valorizar a suas necessidades familiares. Outros pontos importantes que deverão ter um olhar diferente serão as questões do acompanhamento das obras de concessão da SP/304 – SP/191, priorizando as questões dos acessos da rodovia à cidade, acompanhamento da questão da implantação da praça de pedágio entre Santa Maria da Serra e São Pedro, a busca por recursos e emendas parlamentares e por último a questão de planejamento regional com união dos Municípios da micro região em assuntos de interesse de todos”, afirma.

Temos que suprir os serviços que os cidadãos necessitam e garantir mais renda, porque isso melhora a qualidade de vida da população”, destacou.

“Realmente esse ano tudo o que está acontecendo é atípico, pandemia, mudança das datas de eleição, enfim, novos desafios para todos, mesmo assim avalio que em todos os níveis de poder está ocorrendo uma polarização de ideias, o que por um lado é bom pois traz sempre uma necessidade de se rever e avaliar as posições, mas por outro lado vejo muita negatividade, agressividade e ódio imperando entre as pessoas, o que não é nada produtivo, radicalizar qualquer discurso é inválido, é preciso conversar, é tempo de união, é preciso haver mais empatia entre as pessoas, nesse momento é preciso deixar de lado o politica e ter cada vez mais atenção no enfrentamento da pandemia do Coronavírus, é preciso ter liderança para implantação de ações concretas, que traga credibilidade e união com a comunidade para juntos vencermos essa fase, é preciso preservar a vida e volto a ratificar é preciso ter um olhar para a economia e geração de renda. Acredito que no futuro pós pandemia teremos uma total mudança nos hábitos das pessoas, será preciso rever muito as atitudes e posições do lado humano. Já para a economia, entraremos em uma profunda crise econômica, o que não será nada bom, tanto para os cidadãos como para a esfera pública, com queda de arrecadação e aumento das necessidades sociais”, continua o pré candidato: “Baseado nessa linha, estamos discutindo a possibilidade de trabalhar com um planejamento de políticas públicas utilizando os “Objetivos da ONU para 2030”, implantando ações de visão global com foco na realidade local, pretende tirar um conjunto de ações voltadas para o desenvolvimento do município com programas, projetos”, afirma.

Zani hoje tem o apoio de um bloco formado pelos partidos: Cidadania (antigo PPS), Democratas, Partido Liberal, MDB, PSB e PV.

“O meu nome foi escolhido como pré candidato em Julho e somente será confirmado após as convenções que devem acontecer entre 31 de agosto a 16 de setembro. Temos ainda aproximadamente 30 pessoas como pré candidatos a vereador e também após as convenções teremos as certezas desses nomes. Se o meu nome for aprovado pelas convenções dos seis partidos e a população de Santa Maria da Serra, acreditar que retornando à Prefeitura, afirmo que terei o mesmo empenho dos dois mandatos em que estive a frente do município”, finalizou.

 

Últimas Notícias

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Cancelar resposta