Deputada Bebel contra a volta das aulas e na defesa do novo Fundeb recebe o apoio do PT de São Pedro

Deputada Bebel contra a volta das aulas e na defesa do novo Fundeb recebe o apoio do PT de São Pedro

A Professora Sheila Fernandez e Rafael Briense, respectivamente presidenta e vice-presidente do Partido dos Trabalhadores de São Pedro, estiveram reunidos nesta semana com a deputada estadual Professora Bebel, quando decidiram apoiar as ações da parlamentar contrária à volta das aulas presenciais nas escolas em plena pandemia do coronavírus, que segundo eles  colocaria em risco a vida de alunos, professores e dos demais profissionais que atuam nas instituições de ensino. No encontro, a direção do partido também ressaltou o apoio ao trabalho desenvolvido pelo mandato da deputada Bebel em defesa da aprovação da Emenda Constitucional 15/15, pela Câmara Federal, do novo Fundeb (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação), que garante a manutenção de recursos para a educação.

A aprovação desta Emenda Constitucional 15/15 pela Câmara Federal no último dia 27 inclusive recebeu apoio da Câmara de Vereadores de São Pero, fruto de um pedido da direção do Partido dos Trabalhadores da cidade junto aos vereadores da Casa. O pedido foi feito em função de que o Fundeb, criado em 2007 no governo  do então presidente Luiz Inácio Lula da Silva, pelo então ministro da Educação Fernando Haddad, que ampliou os investimentos na educação, principalmente garantindo a construção e manutenção de novas creches e pré-escolas em todo país, tem vigência somente até o próximo dia 31 de dezembro deste ano.

A professora Sheila Fernandez e Rafael Briense destacam que a cidade de São Pedro sem o novo Fundeb perderá 41% da verba destinada à educação, impactando 400 professores e 5400 alunos, colocando em risco o funcionamento de dezenas de escolas e a qualidade de ensino. A deputada Professora Bebel, que também é presidenta da Apeoesp (Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo), ressalta que essa Emenda Constitucional tem que ser votada e aprovada pelo Senado Federal antes do final deste ano para entrar em vigor no próximo e pede o apoio de todos para que passem a pressionar os senadores para que agilizem o processo de votação. “Manter e ampliar os investimentos em educação é fundamental para melhorarmos a nossa sociedade”, diz Bebel.

Envolvidos nesta campanha, a direção do Partido dos Trabalhadores de São Pedro reforça a necessidade do engajamento da sociedade neste processo.

“Neste momento de pandemia, todo nosso apoio à educação, aos profissionais e aos alunos. Por isso, é importante defender a aprovação completa, a sanção presidencial e a promulgação para que se torne realidade e possibilite uma educação mais forte e mais justa a todos”, afirmaram.

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Cancelar resposta