Secretaria de Meio Ambiente disponibiliza mais containers para coleta de lixo em bairros de Rio das Pedras

Secretaria de Meio Ambiente disponibiliza mais containers para coleta de lixo em bairros de Rio das Pedras

O Departamento de Meio Ambiente disponibilizou mais 16 containers para que seja depositado lixo doméstico. O objetivo da ação é otimizar e melhorar a qualidade da coleta de resíduos domiciliar. Em agosto de 2019 já haviam sido colocados 20 containers com prioridade para locais de grande fluxo de pessoas.

No bairro Santa Maria foram colocadas três novas unidades; no novo Centro Esportivo do Luiz Massud Coury, mais dois containers; uma unidade foi colocada no cruzamento das ruas Brasil e São Paulo, no Bom Jesus; ainda no Bom Jesus, uma unidade na conhecida “Praça dos Passarinheiros”, entre as ruas Nove de Julho e Monsenhor Gallo; no São Pedro foi colocado um próximo a UBS do bairro; no Centro, um coletor foi colocado próximo a praça ao lado da Rodoviária; na Vila Kennedy, um container está disponível junto a Praça da Bíblia, na rua Antônio Tosello; já no São Cristóvão, são mais dois junto ao Poliesportivo, nas ruas Durvalino Miori e Gerônimo Guilherme Peroza; no Vitória P. Cezarin (Pombal), uma unidade foi colocada na rua principal do bairro Luiz Delfine Neto, junto ao campo de futebol e academia ao ar livre; no Vitório Cezarino (Sem Terra), foi disponibilizado na praça em frente a E. M. Prof.ª Maria Apparecida Aguiar Degaspari; e na Batistada são duas unidades na estrada principal do bairro rural.

“Esses novos coletores foram colocados em pontos onde identificamos maior demanda para coleta de lixo, atendendo assim também bairros periféricos. Estamos avaliando qual será a receptividade da população com esses coletores. Há a possibilidade de expandir o projeto e colocar containers em outros bairros também”, afirmou Murilo Merloto, diretor do Departamento de Meio Ambiente.

Os coletores não devem ser utilizados para o descarte de resíduos de construção civil, entulhos e materiais pesados, por pode danificar o container e o caminhão de coleta. “Outro alerta que fazemos é para que os catadores de material reciclado não joguem o material do container para fora. Infelizmente já ocorreram casos assim, como no coletor de frente a Igreja Matriz, onde os catadores jogaram tudo no chão, selecionaram o que havia de interessante e deixaram o restante no chão. Além do transtorno com o lixo, isso irá atrasar a coleta nos bairros”, explicou Merloto.

O diretor de Meio Ambiente ressaltou ainda para que os moradores denunciem casos de depredação dos coletores: “Os containers são para que as pessoas que moram próximas utilizem para colocar o lixo doméstico, ou então para aquelas pessoas que perderam o horário do caminhão para colocar o lixo para fora de casa, que coloquem o lixo nos coletores e não mais nos carreadores de cana como vem ocorrendo. Os coletores são custeados com dinheiro público, é de todos nós cidadãos rio-pedrenses, por isso peço que denunciem caso vejam alguém os depredando. Quem tiver dúvidas pode entrar em contato no Meio Ambiente pelo telefone 3493-9490”, finalizou Murilo Merloto.

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Cancelar resposta