Prefeitura instala tenda para atendimento de suspeitos de Covid-19

Prefeitura instala tenda para atendimento de suspeitos de Covid-19

Para agilizar o fluxo de atendimento de pessoas com sintomas do novo coronavírus (Covid-19), a Secretaria da Saúde instalou uma tenda para atender e monitorar pacientes. O posto foi colocado ao lado da UBS Dr. Matheus Gabriel Bonassa, no São Cristóvão. Além de dar mais rapidez à triagem, separa pacientes com suspeita da doença de outros pacientes que buscam atendimento de rotina, como consultas médicas, vacinação e atendimentos odontológicos.

Os profissionais de saúde estão incumbidos em receber pacientes que chegam à tenda e realizar a triagem. Entre os principais sintomas do coronavírus estão tosse seca, febre, dor de garganta, dor de cabeça, dor no corpo, cansaço, diarreia, perda de paladar e olfato, dificuldade para respirar. Os casos suspeitos são encaminhados para a tenda, evitando a proximidade com outras pessoas que estejam sendo atendidas nas unidades. Além de examinar, os profissionais da saúde irão orientar a respeito dos cuidados domiciliares e prevenção ao contágio.

“O objetivo é ter um fluxo rápido, focado, para o paciente ficar o menor tempo possível na rua exposto e com o risco de infectar outras pessoas”, explica Filemon Silvano, secretário da Saúde. Se houver a necessidade, será colhido o material para o teste rápido do Covid-19. “Pessoa pega senha e vai para a tenda, onde será avaliada, responderá ao questionário e será feito o teste rápido caso se enquadre nos requisitos do Ministério da Saúde, será encaminhado para atendimento médico ou ao Pronto Socorro caso necessário”, detalha Valdirene Garcia, enfermeira responsável pela Vigilância Epidemiológica.

Segundo Filemon, os atendimentos na tenda estão planejados para durar, no mínimo, três meses, tempo estimado pelas autoridades de saúde para o período crítico da pandemia no Brasil. “As coisas estão mudando muito rápido. Devido ao aumento no número de casos em nosso município, montamos a tenda para atendimento específico dos casos suspeitos do Covid. Se a pessoa tiver dúvidas a respeito da doença, também pode procurar a unidade”, completa o secretário da Saúde.

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Cancelar resposta