Frente de Trabalho passará de 50 para 150 beneficiados em Rio das Pedras

Na quinta-feira da semana passada, dia 03, o prefeito eleito de Rio das Pedras, Marquinho Buzeto (PSB), concedeu uma entrevista ao jornal “O Regional” e destacou as principais metas para o início de sua gestão, entre as quais, citou que a Frente de Trabalho passará de 50 para 150 pessoas, ou, seja, será triplicado o número de participantes, conforme anunciado por ele durante o período de campanha.  

“Iremos cumprir nossos compromissos de campanha, tais como triplicarmos a frente de trabalho, que já estamos estruturando”, destacou ele na semana passada.

No dia 28 de outubro, ainda como candidato à prefeito, Marquinho Buzeto (PSB) anunciou que iria aumentar Frente de Trabalho de 50 para 150 pessoas, caso fosse eleito.

Na ocasião, ele gravou um vídeo em sua rede social, onde destaca que o Programa de Auxílio Emergencial, conhecido como Frente de Trabalho deveria ser ampliado significativamente em sua gestão, relembrando que em sua gestão anterior eram já 100 pessoas contempladas no programa.

“O Programa de Auxílio Desemprego, conhecido como Frente de Trabalho passará para 150 pessoas em nosso governo, caso eu seja eleito. Hoje a Frente de Trabalho tem 150 pessoas. No meu governo eram 100 já, mas no ano que vem teremos 150 pessoas na Frente de Trabalho, porque temos que ajudar as pessoas, já que no ano que vem muitas pessoas que tiveram sua renda afetada pela Pandemia não terão mais o auxílio emergencial criado pelo governo Bolsonaro”, disse ele a época.

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Cancelar resposta