Representantes do Aglomerado Urbano de Piracicaba vão debater a criação de fundo de desenvolvimento

Projeto vai ser discutido em encontro nos dias 8 e 9 de fevereiro

Manter o desenvolvimento em meio à crise econômica e o principal desafio para os novos prefeitos. A solução pode estar na união dos municípios. Em pauta está a criação de um fundo de repasse para projetos regionais. O tema vai ser discutido com representantes das 23 cidades do Aglomerado Urbano de Piracicaba, nos dias 8 e 9 de fevereiro, na Mostra e Seminário – Cidades Inteligentes, no Engenho Central de Piracicaba.

A proposta é instituir um Fundo de Desenvolvimento semelhante ao que já existe nas áreas metropolitanas que, de acordo com a lei 1.139 de junho de 2011, investem e recebem verbas especificas para programas, serviços e obras de interesse regional. O deputado estadual Roberto Morais (PPS) é quem vai levar o projeto de lei para discussão.

“A criação do Fundo de Desenvolvimento da Aglomeração Urbana de Piracicaba será nosso próximo passo na Assembleia Legislativa. Com esse instrumento, os investimentos do Estado nas cidades da região se darão de maneira mais eficiente nos gastos e, com certeza, também nos resultados”, afirma Morais.

Para o deputado, o fundo de recursos é imprescindível para o crescimento e oferta de melhores serviços aos moradores. “Saneamento básico e gestão de resíduos são bons exemplos de setores que podem se beneficiar da criação desse fundo. Uma maneira inteligente de administrar as cidades”, completa ele.

A Mostra e Seminário, além de unir gestores para o debate da economia regional, inclui rodada de negócios com empresas prestadoras de serviços de interesse público. Oferecer qualidade de vida é a principal meta de uma cidade inteligente.

 

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Cancelar resposta