Queda de energia causa prejuízos a produtores rurais em Ipeúna

As frequentes interrupções no fornecimento de energia na zona rural do município tem sido motivo de muitas dores de cabeça aos produtores locais. O caso mais recente ocorreu na última segunda-feira (01), no Sítio São Gotardo, que atua na criação e engorda de frangos, quando aproximadamente 70% das 44 mil aves morreram por falta de energia elétrica. O serviço de energia elétrica é prestado pela empresa Elektro.

O técnico da Vigilância Sanitária, da Secretaria de Saúde de Ipeúna, Miguel Carlos de Lima, juntamente com o técnico da granja que acompanha o desenvolvimento das aves, esteve na propriedade na segunda-feira para inspeção, orientando os funcionários do Sítio para o descarte adequado das aproximadamente 31 mil aves. “Orientamos os funcionários a fazer valas, colocando cal antes do depósito das aves e após a compactação da terra, para amenizar os riscos de contaminação do solo, apesar da confirmação de morte por falta de ventilação”, explica.

De acordo com o Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural tem sido frequentes as ocorrências de interrupção no fornecimento de energia, comprometendo a produção rural do município e acarretando prejuízos financeiros. A produção dessas aves, denominada como Granja D 367, seria comercializada junto a empresa Ad’oro, especializada no abate e comercialização de frango, sendo uma das maiores produtoras do segmento no estado de São Paulo.

Últimas Notícias

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Cancelar resposta