Secretaria realizou 1º Encontro de Agentes Comunitários de Saúde de Piracicaba

Na quinta-feira, dia (04/10), no anfiteatro da prefeitura de Piracicaba, aconteceu o 1º Encontro Municipal de Agentes Comunitários, evento promovido pelo Departamento de Atenção Básica (DAB), da Secretaria de Saúde.

O evento teve como finalidade fortalecer a integração dos Agentes Comunitários de Saúde (ACS) e refletir sobre a importância estratégica desses profissionais na melhoria do atendimento à população.

O evento fez referência ao Dia Nacional dos Agentes Comunitários de Saúde, comemorado na mesma data.

Atualmente, 264 ACSs atuam junto às 52 Unidades de Saúde da Família (USF), distribuídas por todas as regiões da cidade, e são os responsáveis pelas visitas domiciliares aos usuários SUS – em suas respectivas áreas de cobertura – e o acompanhamento preventivo da saúde dos familiares.

“Esses profissionais são fundamentais para o bom desempenho da rede e precisam estar fortalecidos para que desenvolvam suas funções da melhor forma possível. Para que isso aconteça, precisam se sentir valorizados e compreender a importância da sua atividade”, destaca Tatiana Bonini, coordenadora de enfermagem do DAB.

Durante o encontro foi realizada uma palestra proferida pela professora da Faculdade de Odontologia de Piracicaba (FOP), no Departamento de Odontologia Social, Luciane Miranda Guerra, com o tema “O papel do ACS e a evolução da rede de Atenção Básica no Brasil e em Piracicaba devido à atuação desses profissionais”, ressalta.

A palestrante é Coordenadora do Programa de Mestrado Profissional em Gestão e Saúde Coletiva e ex-secretária municipal de Saúde de Santo Antonio da Posse.

Antes da exposição, o grupo Amigas da Onça, composta por mulheres que superaram o câncer, ligadas ao Cecan, da Santa Casa, vão apresentar uma esquete musical.

Para o secretário de Saúde, Dr. Pedro Mello, a Secretaria de Saúde visa a formação permanente de toda sua equipe.

“Essa capacitação qualifica a rede e fortalece a ação coletiva. Em períodos de crise, tanto política como social, ter um olhar abrangente para a sociedade e a saúde da família é fundamental. Os agentes de saúde são os nossos soldados de frente, que estão mais próximos dos familiares, principalmente nos bairros onde seus moradores mais precisam do apoio do poder público e do SUS. Portanto, capacitar os ACS é uma ação muito importante. Que este seja apenas o primeiro encontro de muitos que virão”, completa.

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Cancelar resposta