Secretaria quer gerar mais emprego e renda por meio da agricultura familiar de Piracicaba

Secretaria quer gerar mais emprego e renda por meio da agricultura familiar de Piracicaba

Fomentar a agricultura familiar com foco na segurança alimentar e na geração de mais emprego e renda.

Esta é uma das metas da Secretaria Municipal de Agricultura e Abastecimento (SEMA), a secretária, Nancy Thame, visitou nesta sexta-feira da semana passada, dia 15, a cooperativa de produção e processamento de hortaliças Coophorti, localizada no bairro Pau Queimado.

Acompanhada da equipe técnica, Nancy foi recebida pelo presidente da cooperativa, Vanderlei Sanches, que apresentou o espaço e explicou o trabalho de processamento de hortaliças e legumes.

“O objetivo da visita foi conhecer o espaço e as demandas dos pequenos produtores, a fim de pensarmos juntos em novas ações e projetos para fomentar a agricultura familiar em Piracicaba”, disse Nancy Thame.

Segundo o presidente, a Coophorti tem 59 cooperados, com aproximadamente 70% dos produtores de Piracicaba, sendo o restante de municípios vizinhos.

Os alimentos produzidos no local são predominantemente provindos da agricultura familiar, destinados principalmente para uso da merenda escolar e uma parte comercializada nos varejões municipais.

Para Vanderlei, “a agricultura familiar perdeu espaço no município”. “Tenho dificuldade de achar pequenos produtores de alguns alimentos, pois muitas famílias não veem perspectiva neste trabalho e acabam deixando a produção”, diz Vanderlei.

Nancy Thame destaca que o aumento da contribuição de produtores do município na composição da merenda escolar é uma meta.

“Dos 30% de produtos exigidos na legislação para a agricultura familiar na merenda, até o ano passado Piracicaba comprava apenas 15% de produtores de Piracicaba. Vamos trabalhar para aumentar essa produção e dar todo o suporte para esses profissionais”, afirmou a secretária.

“Não podemos mais perder pequenos produtores por falta de incentivo à agricultura familiar. Piracicaba tem muito potencial para a agricultura e, com ela, uma grande oportunidade de gerar mais emprego e renda, além de consumir alimentos mais saudáveis por um preço melhor”, ressalta Nancy Thame.

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Cancelar resposta