Revitalização da praça João Alfredo, em Ártemis, está na etapa final

Revitalização da praça João Alfredo, em Ártemis, está na etapa final

Espaço foi adotado pela empresa Aroeira Paisagismo e Reflorestamento

A revitalização da praça João Alfredo, localizada na avenida Fioravante Cenedese com rua Quinze de Novembro, em frente à antiga Estação da Sorocabana, em Ártemis, está quase finalizada. De acordo com a Secretaria Municipal de Defesa do Meio Ambiente (Sedema), faltam ajustes finais, como a sinalização. Ainda segundo a Sedema, a praça foi adotada pela empresa Aroeira Paisagismo e Reflorestamento, que cuidará da manutenção dos jardins (leia abaixo).

A remodelação da praça de Ártemis é realizada com recursos do Governo do Estado de São Paulo, conseguidos pelo deputado Alex Madureira, com intermediação do vereador Josef Borges. O investimento é de R$ 99.970,94 e a obra que está sendo executada pela empresa TGM.

A obra de revitalização contou com serviços como assentamento de piso intertravado, nova iluminação com LED, cinco rampas de acesso, sendo duas nas calçadas da rua Manoel Detoni, uma na calçada (da praça) da rua Quinze de Novembro e duas nas calçadas da rua Aristides Berreta.

Os mobiliários urbanos, luminárias, papeleiras e bancos, também foram substituídos. O projeto ainda contemplou pintura externa do balneário e da caixa d’água, além do reparo do portão de acesso.

ADOTADA – A manutenção dos jardins da praça João Alfredo passa a ser realizada pela empresa Aroeira Paisagismo e Reflorestamento, por meio do programa Adote uma Área, estabelecido por meio do Decreto nº 17.742/2019.

A Aroeira atua há 10 anos na área de paisagismo e reflorestamento em Piracicaba e região. Todos os trâmites foram concluídos e o projeto foi aprovado pela Comissão de Adoção Pública da Secretaria Municipal de Defesa do Meio Ambiente (Sedema).

O secretário da Sedema, Marcos Yassuo Kamogawa, destaca que a adoção de praças e parques traz enormes benefícios ambientais e para a população, que pode desfrutar de um local bem preservado. “Queremos, com essa iniciativa, estimular para que mais empresas possam participar desse projeto, exibindo suas marcas e contribuindo para a melhoria do meio ambiente”.

Segundo o proprietário da Aroeira, o engenheiro agrônomo Mauricio Radicchi, a adoção era um desejo antigo de contribuir com o meio ambiente de Piracicaba. “Aproveitamos a oportunidade durante a reforma da parte civil da praça, para incrementarmos o paisagismo que até então não tinha sido contemplado. Fizemos o registro no programa municipal Adote uma Área, no qual realizamos o projeto, a execução e o fornecimento de plantas e insumos totalmente custeados pela empresa Aroeira. Daqui para frente assumiremos as manutenções mensais (poda, adubação, controle de ervas daninhas, pragas, doenças e etc)”, ressaltou.

A escolha do bairro, explica Maurício, foi motivada pelo “carinho local, pelas amizades e como forma de presentear os moradores e também os colaboradores que lá residem”.


PARA ADOTAR – Para adotar uma área, o interessado deve formalizar a solicitação em requerimento padrão, acompanhado de croqui de localização e fotografias da área a ser adotada e cópia simples de alguns documentos. No caso da pessoa física, é preciso o documento de identidade do adotante; documento de inscrição no Cadastro de Pessoas Físicas (CPF) e comprovante de residência.

Se a pessoa é jurídica, será necessário o contrato social da empresa, estatuto social ou documento similar de sua constituição; documento de inscrição no CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas); Certificado de Licenciamento Integrado, e RG e CPF do representante legal.

Para adoção de áreas públicas com projeto técnico específico, além dos demais documentos exigidos, deverão ser apresentados um memorial descritivo e cronograma de execução das ações propostas; planejamento de manutenção da área; projeto de intervenção paisagística, de reflorestamento, de instalação de mobiliário urbano, entre outros documentos, a critério da Comissão de Análise, e anotação de responsabilidade técnica, devidamente quitada.

SERVIÇO – Mais informações sobre as regras do Adote uma Área podem ser conseguidas com Cláudia Nogueira (3403-1205) e Juliana Gragnani (3403-1368), na Sedema.

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Cancelar resposta