Projeto Pira no Clima é destaque em evento nacional sobre mudanças climáticas

O projeto Pira no Clima, que busca construir um plano participativo de mitigação e adaptação às mudanças climáticas em Piracicaba, foi um dos destaques no evento de lançamento da SEEG Municípios (Sistema de Estimativa de Emissões de Gases de Efeito Estufa). 

O SEEG Municípios, uma iniciativa liderada pelo Observatório Clima lançada no dia 04 de março, disponibiliza dados estimados de emissões de GEE por setor para todos os municípios do Brasil. O Pira no Clima foi um dos convidados do evento para contar sobre a elaboração do Boletim de Emissões de GEE de Piracicaba, pois foi a primeira iniciativa municipal no Brasil a usar os dados do SEEG municípios, ainda na versão preliminar, para elaborar o seu inventário de emissões. 

Bruno Vello, analista de políticas públicas no Imaflora e representante do Pira no Clima, contou como foi importante ter dados setorizados para Piracicaba, pois isso permitiu entender melhor a situação do município sobre em quais setores são mais necessárias ações de mitigação. Além disso, realizar o inventário de emissões a partir desses dados significa economia e confiabilidade para o poder público já que são disponibilizados de forma gratuita e a partir de análises sistemáticas que podem ser usadas em comparações entre municípios e regiões.

A partir da análise de emissões para Piracicaba foi possível identificar que o município é o 11º no ranking de maiores emissores do estado de São Paulo. E ao contrário da tendência das emissões nacionais, que são maiores no setor de Mudança do Uso da Terra, o setor que mais emite em Piracicaba é o de Energia, puxado principalmente pela crescente quantidade de veículos motorizados em uso na cidade. 

Com esse diagnóstico, o projeto e seus idealizadores entendem que Piracicaba deve priorizar medidas para uma mobilidade sustentável, como ampliação do transporte coletivo, e incentivos para meios de transporte não motorizados, como o cicloviário, a partir da construção de ciclovias, ciclofaixas e bicicletários. Esse é um passo importante para que a cidade consiga fazer a sua parte na mitigação das mudanças climáticas. 

O vídeo completo do lançamento da plataforma SEEG Municípios pode ser acessado. A participação do Pira no Clima dura 5 minutinhos e começa aos 90 minutos.

Para ficar por dentro das novidades do Pira no Clima, faça parte do grupo do WhatsApp.

Pira no Clima: O projeto “Pira no Clima”, organizado pelo Instituto de Manejo e Certificação Florestal e Agrícola (Imaflora) tem como objetivo contribuir para a elaboração de um Plano Municipal de Mitigação e Adaptação à Mudança do Clima em Piracicaba/SP que considere as questões de gênero direta e indiretamente relacionadas ao tema.

Este Plano está sendo construído a partir do diálogo entre governo, sociedade civil, empresas e instituições de ensino e pesquisa, através de grupos de trabalho e consultas públicas. Durante o projeto dados e informações socioclimáticas são geradas e compartilhadas com a população por meio de boletins (https://bit.ly/35mCl5H) com o objetivo de subsidiar os debates.

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Cancelar resposta