Projeto-piloto quer reduzir velocidade nas principais vias de Piracicaba

Projeto-piloto quer reduzir velocidade nas principais vias de Piracicaba


As Linhas conhecidas como LRVs, já foram instaladas em cinco vias com grande fluxo de veículos


Para aumentar a segurança do trânsito da cidade, a Prefeitura de Piracicaba, por meio da Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana, Trânsito e Transportes (Semuttran), realiza projeto-piloto de instalação de Linhas de Estímulo à Redução de Velocidade, conhecidas como LRVs, em vias do município com grande fluxo de veículos. Essas vias foram identificadas pela equipe técnica da Pasta como passíveis de ocorrência de acidentes de trânsito e onde se deseja reduzir a velocidade dos veículos. Nesta semana, cinco vias já receberam a nova sinalização. De acordo com a Semuttran, com a compilação dos resultados do projeto-piloto, outros locais também poderão recebê-la.
“As linhas são construídas de forma a influenciar o comportamento do motorista, que reduz a velocidade dos veículos sabendo que à frente há algum obstáculo, como uma curva ou uma travessia de pedestres, ou um cruzamento”, explica a secretária da Semuttran, Jane Franco Oliveira. “A implantação de ações para elevar o nível de segurança de todos os modais em Piracicaba é uma preocupação constante da atual Administração”, complementa Jane.
De acordo com a Semuttran, já foram instaladas LRVs no cruzamento da estrada José Francisco Perez Gonzales com a estrada Heitor Soledade; na estrada Piracicaba-Anhumas entre os KM 10 e KM 11; na avenida Doutor Paulo de Moraes acesso para a avenida 31 de Março; na rua José Benitiz Gregório, na Vila Prudente; e na avenida 9 de Julho, na altura do cruzamento com a avenida Doutor Paulo de Moraes. Estão programadas também para receber as LRVs a rua José Polezel, no bairro Jardim Itamaracá; e a avenida Pompeia, cruzamento com a rua Ormindo de Camargo, na Nova Pompeia.
“Esses locais foram escolhidos por conta de excesso de velocidade, então a principal função das LRVs é tentar reduzir a velocidade, uma vez que são pontos de cruzamento ou curvas, como ocorre nas estradas vicinais que as receberam. Isso para trazer mais segurança nas nossas vias e evitar acidentes no trânsito de Piracicaba”, afirma Ricardo Piton, chefe de Educação e Segurança no Trânsito da Semuttran.
De acordo com o Manual Brasileiro de Sinalização, as Linhas de Estímulo à Redução de Velocidade são um ‘conjunto de linhas contínuas, na cor branca, posicionadas transversalmente ao fluxo de veículos, com espaçamento entre si variável e decrescente no sentido do tráfego, de forma a induzir o condutor a reduzir a velocidade do veículo’.
Segundo o manual, a instalação é indicada antes de curvas acentuadas, declives acentuados, cruzamentos rodoferroviários, ondulações transversais, ou onde estudos de engenharia indiquem a necessidade. “Os resultados positivos de sua utilização foram verificados em várias cidades do Brasil e do mundo”, comenta ainda a secretária da Semuttran.

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Cancelar resposta