Policia Civil de Piracicaba e do Gaeco prende sete pessoas na Operação Benu

Policia Civil de Piracicaba e do Gaeco prende sete pessoas na Operação Benu

 

Participaram da ação 68 policiais de Piracicaba e região com apoio de 20 viaturas

Policiais civis de Piracicaba e equipes do Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado de São Paulo (Gaeco), do Ministério Público, deflagraram, na manhã desta quinta-feira (20), a operação Benu. O objetivo principal foi o combate a lavagem de dinheiro por meio de crimes relacionados a associação e tráfico de drogas. O principal alvo da ação, um comerciante de carros, e outras seis pessoas foram presas preventivamente.

A investigação que partiu da quebra do sigilo bancário, fiscal e telefônico, autorizada pela Justiça, possibilitou que o Ministério Público reunisse provas que o comerciante usava o seu estabelecimento comercial para lavar dinheiro de pessoas envolvidas com organizações criminosas. Com o trabalho desenvolvido em conjunto com a unidade de inteligência do Departamento de Polícia Judiciária de São Paulo Interior 9 (Deinter 9), com sede em Piracicaba, foi possível também identificar envolvidos com intensa participação na venda de entorpecentes.

No total, foram cumpridos 7 mandados de prisão preventiva e 13 de busca e apreensão. As equipes apreenderam cinco veículos, 13 celulares, R$ 8 mil, vários documentos relacionados aos crimes e porções de cocaína, maconha, além de pasta base para cocaína.

O nome dado a operação é uma referência a uma ave da mitologia egípcia que renasce após estar, praticamente, morta, visto os inúmeros desafios encontrados pelas equipes ao longo da operação. Para sua realização foi utilizado o helicóptero Pelicano, do Serviço Aerotático (SAT) Polícia Civil, que sobrevoou a cidade de Piracicaba e foi fundamental para a prisão do comerciante e sua mulher, também envolvidos com o tráfico de drogas, que fugiam pela rodovia Bandeirantes, sentido município de Cordeirópolis.

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Cancelar resposta