Gestão do XV é novamente Ouro no Programa de Excelência da FPF

Gestão do XV é novamente Ouro no Programa de Excelência da FPF

A Federação Paulista de Futebol realizou na manhã desta quinta-feira, 20, no Museu do Futebol, no Pacaembu, a 4ª edição do seu Programa de Excelência, que avalia o desempenho dos clubes do estado em vários aspectos ao longo da temporada. Pelo terceiro ano consecutivo, o XV de Piracicaba, que foi representado pelo coordenador de futebol e advogado Ramon Bisson, recebeu o troféu Ouro, o primeiro na administração de Arnaldo Bortoletto e Matheus Bonassi.

Os outros prêmios, incluindo a Prata no primeiro ano, foram na gestão do ex-presidente Celso Christofoletti e do seu então vice e atual diretor de futebol, Ricardo Moura, que também ocupava esse último cargo na época. “É muito gratificante. Mostra que o XV está determinado e cumprindo os pré-requisitos, o que é muito importante. O reconhecimento financeiro ajudará, inclusive, a nossa base, a qual estamos olhando com muito carinho”, falou Bortoletto.

No total, 29 agremiações paulistas foram agraciadas pelo o que fizeram ao longo do ano passado, levando em conta os quesitos base, torcida, infraestrutura, negócios, atletas e comissão técnica, desempenho técnico, futebol feminino, recursos humanos, filiação e gestão e finanças. Os premiados receberão ainda uma quantia em dinheiro, de acordo com o troféu recebido: R$ 80 mil para o Ouro, R$ 40 mil para o Prata e R$ 20 mil para o Bronze.

“Uma mudança importante no projeto foi que, em 2019, previu-se a exclusão dos clubes que atrasassem três relatórios. Entendemos que isso faz parte do comprometimento do clube, e valoriza o trabalho daqueles que se esforçaram para realizar as entregas e buscar os resultados mês a mês”, disse a diretora administrativa da Federação Paulista de Futebol, Kelly Franzoni, que está à frente do Programa de Excelência desde seu surgimento.

Cada clube compete consigo por meio de pontos que se somam ao longo do ano. O objetivo do programa é colaborar com a gestão dos clubes, por meio de boas práticas e profissionalização do pessoal. “Importante ressaltar o objetivo do PEX, que é melhorar ano a ano a gestão dos clubes, alguns clubes com avanços maiores, outros com avanços menores, mas cada um avançando dentro dos seus próprios limites”, comentou Kelly Franzoni.

Foram premiados pela gestão 2019: Categoria Ouro: Água Santa, Audax, Corinthians, Ferroviária, Novorizontino, Ituano, Juventus, Ponte Preta, Red Bull, Santos, São Paulo e XV de Piracicaba; Categoria Prata: Desportivo Brasil, Inter de Limeira, Mirassol, Portuguesa e Rio Claro; Categoria Bronze: Linense, Capivariano, Santo André, São Caetano, Primavera, Sertãozinho, Oeste, Taubaté, São Bernardo, Rio Branco, Botafogo e Atibaia; e Certificado de participação: Portuguesa Santista, Bragantino, Guarani, Rio Preto, São Bento e Votuporanguense.

 

 

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Cancelar resposta