Educadores se emocionam na abertura da Jornada Pedagógica de Piracicaba

Entre segunda-feira, dia 15 e ontem, dia 19, aconteceu a XI Jornada Pedagógica da SME – Secretaria Municipal de Educação.

Durante a abertura, realizada na segunda-feira, dia 15, para um anfiteatro lotado, o professor César Nunes fez a palestra “Base Curricular Comum como oportunidade de transformação” que abriu o evento.

O tema da Jornada neste ano é “Construindo Itinerários Formativos para uma Educação Transformadora”.

Em sua palestra, Nunes destacou a importância do acolhimento oferecido pela escola à criança principalmente na educação básica para proporcionar condições melhores de aprendizado. Sugeriu ainda um slogan para a cidade.

“Piracicaba, cidade que educa, escola que acolhe, currículo que humaniza”. A apresentação emocionou os educadores presentes.

“Eu quero que a gente entenda essa lei (BNCC) construída a mil mãos e mil corações. Ela não é a lei perfeita, mas é uma oportunidade para fazermos uma escola transformada e transformadora. Estou muito feliz em abrir uma Jornada Pedagógica no Dia do Professor, falando de uma base curricular, que é um tema um pouco acadêmico, mas falando com o coração, com a vida”, afirmou.

O prefeito Barjas Negri participou da abertura da Jornada. Ele destacou os avanços obtidos pela rede municipal nos índices que atestam a qualidade da educação básica.

“A evolução do Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica) ao longo dos últimos anos e a cobertura no atendimento da educação infantil dá a Piracicaba o primeiro lugar em gestão em educação entre os maiores municípios do Brasil. Pesquisas recentes, tanto da Firjan como da Assembleia Legislativa ou da Macroplan, colocam Piracicaba em uma posição privilegiada. Isso é fruto do trabalho desses professores”, destacou.

De acordo com a secretária municipal de Educação, Angela Jorge Corrêa, a Jornada é um momento para formação e atualização do professor.

“A sua realização envolve toda a liderança e todos os funcionários da secretaria na busca de trazer palestrantes externos que realmente possam contribuir para melhor qualificação e aprimoramento de todos”, afirmou.

A secretária também elogiou a palestra de abertura.

“Foi uma palestra ímpar, maravilhosa, que deixa bem claro que nós devemos ser uma cidade que educa e que acolhe com muito afeto. Temos que aproveitar essa oportunidade, que é a BNCC, para estabelecermos um currículo que permita que a gente cresça muito em termos de educação no país”, ressaltou.

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Cancelar resposta