Continua exposição no Espaço Cultural do Fórum de Piracicaba

Neste mês, o Espaço Cultural do Fórum de Piracicaba recebe duas importantes exposições culturais.

Começou no dia 10 e segue até o próximo sábado, dia 20, a exposição denominada “Olhares Múltiplos – Técnicas Diversas” pelos alunos da professora e artista plástica Luisa Libardi.

“Essa exposição é o resultado de aulas em meu ateliê. A interação entre os alunos e a socialização é um fator de trocas de ideias e informações.
A criatividade é estimulada pela convivência, paixão e dedicação. Não existe criativo ermitão. Os alunos são estimulados a correr riscos e produzir trabalhos ousados. Um criativo tem que ser permanentemente insatisfeito e possuir a capacidade para enfrentar os riscos necessários.
Também participo dessa exposição juntamente com meus alunos, com as minhas fotografias que foram resultados de anos de pesquisas. São sobreposições fotográficas que faço das minhas fotos e das minhas aquarelas. As técnicas apresentadas por todos são: Aquarela, Acrílica, Giz Pastel Seco, Óleo sobre tela e Fotografia.”, destaca Luisa Libardi.

Outra exposição realizada foi a Exposição Traço Preto, do cartunista, jornalista e artista multiplataformas Junião, aberta no dia 30 do mês passado e que aconteceu até dia 12 de setembro.

A mostra faz parte da programação de exposições paralelas do Salão Internacional de Humor de Piracicaba, um dos mais antigos e tradicionais no mundo.

A mostra passeia pela trajetória de 23 anos de carreira do artista, que começou em veículos tradicionais do jornalismo impresso e nos últimos anos adaptou e consolidou seu trabalho na velocidade dos meios virtuais e das redes sociais. A nova fase ampliou também a abordagem dos temas ligados aos direitos humanos, como os trabalhos publicados na Ponte Jornalismo, que estão presentes nessa mostra.

Nascido em Campinas (SP), Junião é formado em Educação Artística pela Unesp e faz jornalismo ilustrado desde 1994. Publicou ilustrações e charges em veículos como Folha de S.Paulo, O Estado de S.Paulo, Veja, Lance e Courrier International (França).  Como ilustrador e cartunista, atua em sites, aplicativos e no mercado editorial.

Ganhou o Salão Internacional de Desenho para Imprensa de Porto Alegre, em 2011, o prêmio Vladimir Herzog de 2005 e menção honrosa em 2006 (categoria artes), além do prêmio de cartuns sobre Aids do Ministério da Saúde, em 2004. Em 2016 lançou seu primeiro livro infantil, Meu Pai Vai Me Buscar na Escola, no qual assina também o texto, além das ilustrações.

Mora em São Paulo, onde também atua como músico dos grupos Senzala Hi-Tech (hip hop percussivo) e Lavoura (jazz instrumental). E ainda joga como meio-campista do Pindorama F.C. – Futebol e Literatura, time de escritores e autores.

O Espaço Cultural funciona de segunda à sextas-feiras, das 12h30min horas às 18h00 horas na Rua Bernardino de Campos nº 55 – Piracicaba.

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Cancelar resposta