Auxiliar de enfermagem foi a primeira pessoa a ser vacinada contra Covid-19 em Piracicaba

Auxiliar de enfermagem foi a primeira pessoa a ser vacinada contra Covid-19 em Piracicaba

Vacina chegou ao município no dia 21/01; primeira a ser vacinada foi Gertrudes Barbosa, 55, que atua na UPA Piracicamirim

O primeiro lote da vacina contra a Covid-19, com 5.280 doses, chegou ao município nesta quinta-feira (21/01), por volta das 11h15, no Centro de Vigilância em Saúde (Cevisa). A primeira pessoa a receber a vacina foi Gertrudes Barbosa, 55 anos, auxiliar de enfermagem, que atua na linha de frente no combate ao novo coronavírus na UPA Piracicamirim. O caminhão que trouxe as vacinas de São Paulo chegou sob forte esquema de segurança, escoltado pela Polícia Militar.

O prefeito Luciano Almeida participou do ato e lembrou que esse é um dia importante, um pequeno passo na luta contra a Covid-19, mas que ainda existe um longo caminho a ser percorrido pela frente até a imunização total da cidade. “Peço, encarecidamente, que a população não se descuide. Temos ainda muitos desafios na luta contra o vírus. Proteja a si e aos seus a seu redor”, disse Luciano.

Participaram, também, do ato, o secretário municipal de Saúde, Filemon Silvano, o coordenador do Cevisa, Moisés Taglieta, o presidente da Câmara de Veradores, Gilmar Rotta, o presidente do Hospital Unimed, Carlos Joussef, o provedor da Santa Casa, João Orlando Pavão, e o presidente do Hospital dos Fornecedores de Cana (HFC), José Coral.

Esperança: A auxiliar de enfermagem Gertrudes Barbosa, 55 anos, que atua na linha de frente no combate ao novo coronavírus na UPA Piracicamirim, foi a primeira a receber a vacina. Feliz, ela não conteve a emoção, ao lembrar de como a vacina pode mudar o panorama na cidade.

“Na nossa área de atuação é comum lidar com os casos de óbito, mas eles se multiplicaram com a pandemia. Nesse momento, lembro das pessoas entubadas nas UTIs dos hospitais e das famílias enlutadas em nossa cidade. A chegada das vacinas representa um sinal de esperança para todos nós”, ressaltou.
Os profissionais de saúde da UPA Piracicamirim, que estão na linha de frente de atendimento aos pacientes com a doença, começaram as ser vacinados hoje (21/01), a partir das 17h. A rede de saúde de Piracicaba, pública e privada, é composta por aproximadamente 13 mil profissionais, de acordo com o Ministério da Saúde.

Os residentes em Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPI) começam a ser vacinados hoje sábado, 23/01, de manhã.

Últimas Notícias

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Cancelar resposta