Paiva assina pedido de CPI para investigar SEMAE

Desde o fim do ano passado, o vereador de Piracicaba, José Antonio Fernandes Paiva (PT) comentava sobre a necessidade de abertura de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar o Serviço Municipal de Água e Esgoto (SEMAE).

Na opinião de Paiva, os sequentes aumentos no valor da tarifa, o comprometimento de grande parte do orçamento da autarquia com o pagamento da Parceria Público Privada com a empresa Águas do Mirante e as perdas físicas que chegam a quase 50% justificariam a abertura de CPI.

À época, o vereador não conseguir adesão de oito vereadores para abrir as investigações.

O assunto voltou à tona, principalmente depois da rejeição da Câmara ao pedido de Comissão de Estudos e também diante das respostas aos requerimentos protocolados na Casa de Leis.

“Só para se ter uma ideia, por meio de requerimento de nossa autoria soubemos que em 2012, o comprometimento do orçamento da autarquia com a Águas do Mirante chegava a 10%. Este ano, a Lei de Diretrizes Orçamentárias prevê que 54% do orçamento do Semae serão destinados ao pagamento dessa PPP. Além disso, o prefeito em entrevista a um programa de TV revelou que a dívida com a Águas do Mirante pode comprometer 60% do orçamento da autarquia”, destaca o vereador piracicabano.

Na avaliação de Paiva essa situação inviabiliza a gestão da empresa. Recentemente outro assunto que chamou a atenção do vereador foi o não pagamento das contas de energia com a CPFL no valor de R$ 15 milhões que foram parceladas e vão gerar um custo adicional de quase R$ 5 milhões ao Semae.

Por tudo isso, o vereador assinou nesta quarta-feira, 24/2, o pedido de abertura de uma CPI para investigar o Semae.

“Há um problema sério de gestão. O presidente do Semae, Vlamir Schiavuzzo, precisar dar explicações à sociedade piracicabana. Há contas de água que subiram mais de 100% em um ano e isso não é razoável”, concluiu o vereador Paiva.

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Cancelar resposta