Jornal “O Regional” se consolida como jornal da Região Metropolitana de Piracicaba

Jornal “O Regional” se consolida como jornal da Região Metropolitana de Piracicaba

Circulando em oito dos vinte e quatro municípios da Região Metropolitana de Piracicaba, o jornal “O Regional”, fundado em 2005, vem se consolidando como o maior jornal da Região Metropolitana de Piracicaba.

O jornal O Regional é o único veículo de comunicação impresso circulando todas as sextas-feiras no maior número de cidades da RMP, está presente em: Águas de São Pedro, Charqueada, Ipeúna, Piracicaba, Rio das Pedras, Saltinho, Santa Maria da Serra e São Pedro. Além dessas cidades, o jornal circula também em Brotas e Torrinha, que não fazem parte da região.

Das demais cidades da região, ainda não circula em: Analândia, Araras, Capivari, Conchal, Cordeirópolis, Corumbataí, Elias Fausto, Iracemápolis, Leme, Limeira, Mombuca, Rafard, Rio Claro e Santa Gertrudes.

Fundado em 02 de julho de 2005 por José Marino Malossi Argentino e Rosângela Cortenove, que são diretores do periódico, desde então, o jornal tem implantado um plano de expansão editorial e de geográfica.

A área editorial e jornalista bem como a direção geral está a cargo do jornalista e turismólogo José Marino Malossi Argentino e a gerência administrativa é de Rosângela Cortenove Argentino.

José Marino Malossi Argentino destaca que o periódico sempre teve essa característica de regionalização, começando pelo nome “O Regional”.

“Iniciamos em algumas cidades e depois ampliamos a nossa atuação na cidade de Piracicaba, que era a cidade sede do Aglomerado Urbano de Piracicaba e agora da Região Metropolitana. Passamos depois para Saltinho e Rio das Pedras. Temos em Piracicaba um escritório, pensando já nesse trabalho e acreditando muito nessa Região Metropolitana de Piracicaba. Estamos fazendo o planejamento e reestruturando nossa equipe para em curto espaço de tempo passar a veicular em pelo menos outras quatro cidades e a médio prazo em todas as cidades que integram a RMP”, destaca o diretor José Marino.

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Cancelar resposta