Vereador questiona contratação de empresa prestadora de serviços a prefeitura de Ipeúna

Vereador questiona contratação de empresa prestadora de serviços a prefeitura de Ipeúna

Parlamentar pede diversos documentos referentes a contratação

 

Durante a 10ª sessão ordinária da Câmara Municipal de Ipeúna, realizada na quarta-feira, (26/08), o vereador Adilson Rodrigues da Silva, o Adilson do Portal (DEM) questionou a contratação da empresa Walter Bragion – ME, sediada em Torrinha.

Adilson do Portal requer apresentação de todo processo licitatório, contratos, aditivos, empenhos, pagamentos, quais convênios e projetos foram realizados e demais documentos que comprovem os serviços prestados pela empresa contratada.

O parlamentar destaca que tais informações são necessárias para o exercício de sua função fiscalizadora como vereador e para esclarecer algumas dúvidas em relação as despesas públicas, já que é dever dos vereadores prezar pela correta aplicação de recursos públicos.

“Desde de 2017 a prefeitura está pagando 5 mil reais por mês a essa empresa que ao menos sabemos quais serviços tem prestados ao município.

Nesta quinta-feira, dia 27 os vereadores Adilson Rodrigues e Francisco Wellington Maciel de Abreu acompanhados do assessor jurídico da Câmara Municipal estiveram na prefeitura conversando com o senhor Noedir Secretário de Finanças que apresentou documentos que deixam muitas dúvidas quantos aos serviços prestados.

“Estivemos em inócuo para poder ver algum documento, mas infelizmente o que nos foi apresentado pelo Secretário de Finanças não esclareceram as dúvidas. Relatei ao Ademir Augusto Pazetto – Japão Pazetto presidente da Câmara o ocorrido que também acompanhado do assessor jurídico compareceu a prefeitura para tentar ver a documentação, lembrando que essa é uma prerrogativa do vereador assegurada pela Constituição Federal, no entanto o senhor prefeito José Antonio de Campos – Zé Banana, se negou a mostrar a documentação que foi liberada depois que o assessor jurídico ligou para a polícia”, contou Adilson do Portal.

“Vamos esperar o envio de toda a documentação para podermos analisar com calma e depois emitir um parecer sobre possíveis irregularidades ou não cometidas pela administração”, finalizou o parlamentar.

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Cancelar resposta