Pontepretano presenteia com exemplar de “Majestoso 70” o Prefeito Diego Heron de Ipeúna

Pontepretano presenteia com exemplar de “Majestoso 70” o Prefeito Diego Heron de Ipeúna

Na terça-feira da semana passada, dia 28, o prefeito de Ipeúna, Diego Heron Pinheiro (PP) recebeu, em seu gabinete, um exemplar do livro “Majestoso 70” – O estádio construído pela torcida que tem um time, e uma camisa do time campineiro, das mãos do pontepretano Carlos Burghi, acompanhado de Rafael de Araújo Artungui.

Na oportunidade, Burghi, lembrou que em 2016, os alunos do 4º ano da Escola Municipal de Tempo Integral (EMTI) de Ipeúna desenvolveram um projeto educacional de combate à discriminação racial, sob a orientação do professor Jucá Trindade.

Uma das abordagens do estudo foi a discriminação racial no futebol brasileiro, através do exemplo de Jorge Araújo Miguel do Carmo, ou Migué, primeiro jogador negro a atuar em um time de futebol brasileiro, a Associação Atlética Ponte Preta (AAPP), e também um dos fundadores do time.

Ainda durante a visita, em nome das famílias fundadoras da AAPP, Burghi informou que a Ponte Preta está à disposição para estabelecer parceria com escolinha de futebol junto ao projeto da Associação Cultural Recreativa Esportiva Beneficente (ACREB).

Lisonjeado com os presentes, o prefeito informou que o exemplar, que traz uma dedicatória do autor, o jornalista Stephan Iamarino Fernandes Campineiro, à Associação Cultural Recreativa Esportiva Beneficente (ACREB), e a camisa do time campineiro integrarão o acervo do Museu Municipal.

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Cancelar resposta