Fundo Social confecciona jalecos e mascaras para proteção contra o Coronavírus em Ipeúna

Fundo Social confecciona jalecos e mascaras para proteção contra o Coronavírus em Ipeúna

Uma ação conjunta do Fundo Social de Solidariedade de Ipeúna e suas costureiras voluntárias está permitindo a distribuição de máscaras e jalecos para uso nas unidades de Saúde do município e também distribuídas à população.

De acordo com a presidente do Fundo Social de Solidariedade e vice-prefeita Doroti de Fátima Zem Lopes, a iniciativa conjunta já permitiu que o órgão entregasse mais de 60 jalecos e mais de mil máscaras à Secretaria de Saúde.

“Diante da dificuldade na aquisição de máscaras no mercado, adquirimos tecido de algodão e TNT, linha e elástico e repassamos às voluntárias, que se encarregam da confecção”, explicou Doroti Zem.

Além disso, a própria população tem feito doações de materiais na retirada das máscaras já prontas, colaborando para o sucesso da iniciativa.

Diariamente, as voluntárias Maria Laura dos Santos Garcia, Ana Luísa dos Santos Garcia, Fátima dos Santos Garcia, Raimunda dos Santos Nogueira, Simoni Dias, Rafaela Dias, Carla Furlan, Gabriela Mometti Altarugio e Thalita Muller dedicam suas tardes a compartilhar esse gesto de solidariedade.

A máscara feita com tecido foi recomendada pelo Ministério da Saúde, diante da dificuldade de abastecimento do mercado com máscaras cirúrgicas.

acordo com o secretário de Saúde Jordano Zanoni, a máscara deve ser trocada regularmente e nunca compartilhada.

“É importante que essas máscaras não sejam usadas por mais de duas ou três horas; sejam lavadas, secadas e passadas antes de serem reutilizadas. Assim que retirada deve ser colocada para lavar e é importante que elas não sejam compartilhadas”, afirmou o secretário de Saúde.

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Cancelar resposta