De acordo com o Caged, entre janeiro e fevereiro Ipeúna perdeu 51 postos de trabalho

A região de Piracicaba (SP) soma 1,7 mil contratações a mais que demissões nos dois primeiros meses de 2018, segundo os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE). Entre as 18 cidades, Limeira é a que teve o melhor resultado nos dois meses, com 783 postos.

No acumulado dos dois primeiros meses, Piracicaba tem saldo positivo de 325. Santa Bárbara d’Oeste (SP), que havia fechado janeiro com saldo negativo de 148, se recuperou e soma 40 postos nos dois meses.

A cidade com o pior resultado entre janeiro e fevereiro é Iracemápolis, que perdeu 72 empregos, conforme o Caged. Cosmópolis teve saldo negativo de 61 postos e Ipeúna, de 51.

A reportagem considerou as 18 cidades de cobertura do G1 Piracicaba: Águas de São Pedro, Capivari, Charqueada, Cordeirópolis, Cosmópolis, Elias Fausto, Engenheiro Coelho, Ipeúna, Iracemápolis, Limeira, Mombuca, Nova Odessa, Piracicaba, Rafard, Rio das Pedras, Saltinho, Santa Bárbara d’Oeste, São Pedro

Setores

Em Piracicaba, o setor de serviços e a indústria alavancam o resultado positivo nos dois meses deste ano. Foram 369 postos abertos no segmento de serviços e outros 300 na indústria. O comércio, que já registrou queda no ano passado, segue em recessão, com sldo negativo de 502.

Já Limeira teve 576 postos abertos na indústria, segundo o Caged. A administração pública abriu 293 empregos e o segmento de serviços outros 218.

Informações: g1.com

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Cancelar resposta