CPFL aceita negociação em Rio das Pedras e religa energia

Desde meados de 2016, o rio-pedrense se viu obrigado a conviver com espaços públicos sem qualquer iluminação devido ao corte de energia feito pela CPFL (Companhia Paulista de Força e Luz) por falta de pagamento da Prefeitura. Locais como Rodoviária Municipal, Portal Pilé Degaspari, praças e áreas de lazer ficaram no escuro.

Em uma de suas primeiras ações como prefeito, Carlos Defavari junto com o secretário de Administração e RH, Silvino Innocencio, buscou contato com a CPFL para negociar a dívida do município. Foi constatado que a Prefeitura tinha um débito de R$ 428 mil. Na relação de contas atrasadas, são 638 boletos, alguns com data de vencimento de 5 de maio de 2016.

CPFL aceita negociação em Rio das Pedras e religa energia

CPFL aceita negociação em Rio das Pedras e religa energia – Foto: DIvulgação

Após negociação, ficou definido que o município pagará 46 parcelas de R$ 9 mil, além dos vencimentos mensais habituais. Com isso, a Companhia religou a energia elétrica nos pontos onde havia ocorrido o corte.

Outra negociação conduzida por Carlos Defavari está relacionada a taxa de administração da CIP (Contribuição de Iluminação Pública). O município pagava à CPFL 5% da receita total da taxa – em dezembro de 2016 esse valor foi de R$ 5,5 mil. A partir de fevereiro, a Prefeitura pagará 1% da receita à Companhia – se a receita de janeiro for igual a do mês anterior, o município pagará R$ 1,1 mil. “Com essa economia, poderemos levantar caixa para melhorar a iluminação pública da cidade, como a execução de troca de lâmpadas fracas por outras de maior potência”, ressaltou Carlos Defavari.

Além de negociar os débitos, o prefeito de Rio das Pedras aproveitou a oportunidade para solicitar um levantamento de todos os pontos de energia que estão sob responsabilidade do município.

Lâmpadas queimadas – A manutenção da iluminação pública de Rio das Pedras continua sob responsabilidade da CPFL. Assim, o cidadão que identificar uma lâmpada de poste queimada, deve entrar em contato com a Companhia pelo 0800 010 10 10, pelo site ou aplicativo de celular da empresa.

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Cancelar resposta