Com a Palavra “O Povo”

Evolução da qualidade da administração são pedrense

 

 

Sou morador da cidade de São Pedro/SP desde 2008 e, apesar de não ter tido participação na política local, como cidadão, sempre estive atento aos aspectos da administração, com o intuito de melhor embasar meu voto e até para usufruir das vantagens de se morar em uma cidade com elevado Índice de Desenvolvimento Humano – IDH.

O IDH de uma cidade é uma consequência da qualidade da gestão da cidade e de uma adequada gestão fiscal do orçamento municipal. Como morador atento, tenho percebido uma significativa melhora na gestão da cidade, o que se confirmou com a publicação do Índice FIRJAN de Gestão Fiscal – IFGF em 28/07/2016 ano referência 2015, pelo qual São Pedro alcançou o índice 0,8826, colocando o Município em 1º lugar no Estado de São Paulo e em 3º lugar no Brasil no quesito da qualidade da gestão fiscal.

A interpretação do IFGF é bastante simples: a pontuação varia de 0 a 1, sendo que quanto mais próximo de 1 melhor a gestão fiscal. Resultados inferiores a 0,4 indicam uma gestão crítica, entre 0,4 e 0,6 uma gestão em dificuldades, entre 0,6 a 0,8 uma boa gestão e acima de 0,8 uma gestão de excelência. O índice abrange 4.688 cidades e utilizou dados fornecidos pelos municípios à Secretaria do Tesouro Nacional, referentes a 2015.

A tabela indica a evolução do índice obtido por São Pedro desde 2006.

Ano IFGF Brasil Estado SP Gestão
2006 0,5288 2.277º 381º Dificuldade
2007 0,4998 2.679º 426º Dificuldade
2008 0,6566 1.083º 231º Boa
2009 0,5382 1.792º 345º Boa
2010 0,5963 1.648º 305º Boa
2011 0,6554 846º 151º Boa
2012 0,6656 680º 146º Boa
2013 0,6886 282º 45º Boa
2014 0,8626 Excelente
2015 0,8826 Excelente

O IFGF mostrou que, em 2015, ocorreu uma piora em 87% dos municípios analisados, em decorrência dos problemas econômicos que o País está enfrentando, mas, em São Pedro ocorreu uma melhora, mesmo sob as atuais condições adversas, mostrando que os tributos pagos pela sociedade estão sendo adequadamente administrados e com transparência. A meu ver este índice é uma ferramenta que a sociedade São Pedrense deve utilizar para exercer o seu direito de controle social sobre a administração municipal.

Paulo Augusto Soares

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Cancelar resposta