Secretaria de Saúde fez quase 10 mil visitas em prevenção à Dengue em Charqueada

Secretaria de Saúde fez quase 10 mil visitas em prevenção à Dengue em Charqueada

Em prevenção à dengue, a Secretaria Municipal de Saúde de Charqueada realizou quase 10 mil visitas entre os meses de janeiro e junho deste ano.

Segundo informação da Secretária de Saúde, Waldirine Cassaroti, nestes meses foram feitas 9.618 visitas domiciliares de rotina em diversos bairros da cidade, sempre buscando à prevenção.

Áreas como: Região Central, Jardim Solar, Estância, São Benedito, Paineiras, Bandeirantes, Cidade Jardim, entre outras, receberam a visita da equipe.

A prefeitura tem feito sua parte, destaca a secretária, alertando que para barrar a proliferação do mosquito Aedes Aegypt é preciso que a comunidade ajude e esteja atenta a medida simples, como manter a caixa d’água sempre fechada, encher pratinhos de vasos de plantas com areia até a borda, guardar garrafas sempre com a boca para baixo, remover galhos, folhas e tudo o que possa impedir a água correr pela calha, guardar pneus em locais cobertos e abrigados da chuva, colocar o lixo em sacos plásticos, manter a lixeira bem fechada e piscinas sempre limpas e cloradas.

Apesar do vírus não ser transmitido pela água ou alimentos, nem por meio de contato direto com uma pessoa doente, vale ressaltar que a transmissão ocorre quando o mosquito pica alguém infectado e depois pica uma pessoa saudável. No corpo humano, os sinais só começam a surgir após o período de incubação que pode durar de 3 a 15 dias.

Os principais sintomas são febre, dor de cabeça, dores atrás dos olhos, dores no corpo e manchas pelo corpo. No caso de qualquer identificação desses sintomas a recomendação é procurar a unidade de saúde mais próxima o mais breve possível e não fazer uso de automedicação.

“Vamos juntos vencer esse mosquito, pois mesmo em tempo de pandemia não podemos descuidar de outras doenças que assolam a nossa população, assim todo cuidado é necessário para podermos vencer a Dengue”, pede a secretária de Saúde.

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Cancelar resposta