Prefeitura de Charqueada vai aumentar repasse financeiro feito para as entidades a partir de 2022

Prefeitura de Charqueada vai aumentar repasse financeiro feito para as entidades a partir de 2022

A Prefeitura de Charqueada vai aumentar o repasse feito as entidades assistenciais, também chamadas de terceiro setor a partir do ano que vem. A medida é fruto da política de austeridade adotada pelo Executivo e também reflexo dos gastos controlados ao longo deste ano. Na visão do prefeito Rodrigo Arruda (DEM), é preciso reforçar o caixa de pastas e órgãos essenciais para agregar qualidade de vida ao povo charqueadense.

O ano de 2021 vai encerrar com um repasse de R$ 4,592 milhões para sete entidades que prestam serviço ao município. Já para o ano de 2022, a previsão de gasto é maior: subindo para R$ 5,205 milhões – aumento real de 15%.

O Hospital e Maternidade Beneficente de Charqueada, por exemplo, é um dos que vai receber maior subvenção da prefeitura. Em 2021 foram repassados R$ 2,640 milhões, ao passo que em 2022 este recurso chegará a R$ 2,880 milhões. Além do setor de clínica geral, que vai passar de R$ 117 mil em 2021 para R$ 234 mil no ano que vem.

“A saúde sempre será nossa prioridade e aportar mais dinheiro neste setor é cuidar daqueles que mais precisam. No que depender desta administração, esse aumento de repasse será gradual visando gerar qualidade no atendimento e precisão nos momentos mais delicados”, comentou o prefeito Rodrigo Arruda.

Sendo assim, a evolução de repasses para o setor ficou assim de 2021 para 2022: Centro de Reabilitação (de R$ 72 mil para R$ 84 mil); Chapeuzinho Vermelho (de R$ 960 mil para R$ 1.080 milhão); Corporação Musical União Charqueadense (de R$ 96 mil para R$ 108 mil); Capão Bonito – Casa Lar (de R$ 324 mil para R$ 408 mil); CAPEC (de R$ 168 mil para R$ 204 mil) e a Casa dos Velhinhos de São Pedro (de R$ 12 mil para R$ 15,6 mil). “A prefeitura tem a obrigação de seguir investindo em entidades e setores importantes que prestam relevantes serviços para a população. É muito bom ver que hoje nossas contas estão mais equilibradas e nos permitem fazer este aumento de repasse. Tenho certeza de que isso vai contribuir muito com as famílias, principalmente as que mais precisam”, disse Arruda.

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Cancelar resposta