Charqueada volta para a fase laranja e pode reabrir comércio

Charqueada volta para a fase laranja e pode reabrir comércio

O governo do Estado de São Paulo anunciou ontem, nova classificação no Plano São Paulo de retomada gradual da economia para a região de Piracicaba, que passa a ser laranja. Com a decisão, 26 cidades do Departamento Regional de Saúde de Piracicaba, entre as quais Charqueada podem reabrir o comércio e alguns setores de serviços não essenciais, com restrições, a partir de segunda-feira (13).

A reclassificação permite o funcionamento de áreas comerciais como atividades imobiliárias, concessionárias, escritórios, comércio e shoppings. Indústria e construção civil continuam com autorização para funcionar. Permanecem fechados espaços públicos, bares, restaurantes e similares; salão de beleza, academias, teatro e cinema. Também continuam vetados eventos com aglomerações, incluindo os esportivos. Com relação à educação, a retomada de aulas presenciais deve acontecer a partir de setembro de maneira gradual.

A medida tem validade até pelo menos sexta-feira, dia 17, data prevista para o governo do Estado anunciar novas avaliações das regiões.

É a segunda vez que a região recebe a classificação laranja. A primeira foi no dia 29 de maio. Um mês depois, voltou à fase vermelha, mais restrita. A mudança ocorreu porque no período, o DRS de Piracicaba registrou a maior variação de óbitos. A conta compara o número de mortes pela Covid-19 nos últimos sete dias em relação aos sete dias anteriores.

Para a classificação também são considerados critérios como taxa de ocupação de UTIs, total de leitos a cada 100 mil habitantes e casos e internações por Covid-19.

O Plano São Paulo tem cinco fases: vermelha, de alerta máximo e funcionamento permitido somente aos serviços essenciais; laranja, de controle, com possibilidade de aberturas com restrições; amarela, de abertura de um número maior de setores; verde, de abertura de um número maior de setores em relação à fase amarela e azul, chamada de “normal controlado” , com todos os setores em funcionamento, mas mantendo medidas de distanciamento e higiene.

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Cancelar resposta