Aberta a temporada do rafting noturno em Brotas

Aberta a temporada do rafting noturno em Brotas

Noite de lua cheia aguça o imaginário popular. Em Brotas, a coragem geralmente é o primeiro requisito para quem vai se aventurar no rafting em plena escuridão. Mas a experiência, no final, é um convite para repetir a dose. A capital nacional do turismo de aventura abre oficialmente a temporada do rafting noturno.

Se descer as corredeiras do rio Jacaré-Pepira durante o dia já é de tirar o fôlego, imagine sob a luz do luar, guiado pelo espelho prateado das águas, sentidos aguçados e a dose extra de emoção ao ser surpreendido pelas quedas incríveis. As operadoras preparam um calendário especial que considera o calendário lunar e as condições climáticas. Para que a experiência seja indescritível, a descida é suspensa se o seu apresentar nebulosidade.

Neste período, o rafting especial foi aberto na noite de Halloween, em 31 de outubro, e foi sucesso de público. Os próximos dias marcados são 28 de novembro, 05, 12 e 30 de dezembro. A dica é reservar antecipadamente, já que a procura tem sido alta nas operadoras Alaya Brotas, EcoAção e Território Selvagem Canoar.

As operadoras têm diferentes horários de partida: 19h, 19h30 e 20h. O ticket médio é de R$ 150 e inclui transfer partindo da região central da cidade até o rio, instrução de segurança, colete salva-vidas e capacete – outros equipamentos de segurança são adicionados ao rafting noturno, como lanternas e luz de neon no colete -, além da presença do instrutor treinado para socorro e resgate.

Devido aos protocolos sanitários, a acomodação máxima por bote é de sete pessoas. Todo percurso, desde a partida até o retorno até a cidade, leva em média três horas de duração. O trajeto no rio é de cerca de 8 quilômetros e dura uma hora e meia, aproximadamente.

“O rafting está entre os principais atrativos de aventura em Brotas. O visitante encontra neste período a possibilidade de vivenciar uma experiência única que é descer o Jacaré-Pepira à noite. E aproveita para curtir uma infinidade de outras atividades oferecidas nos ecoparques e operadoras”, afirma Fabio Pontes, secretário de Turismo de Brotas.

Nível:

O rafting em Brotas é considerado de nível 3 a 4 – as corredeiras são classificadas, segundo o grau de dificuldade, de 1 (as mais fáceis) a 6 (as mais difíceis e extremamente perigosas). No Brasil, a maior parte das corredeiras é de nível 2 a 4. 

A atividade no município tem sistema de segurança certificado internacionalmente. Esse certificado garante que os procedimentos, equipamentos e qualificação dos monitores estão de acordo com as técnicas de segurança preconizadas internacionalmente. E o rafting no Rio Jacaré-Pepira, um dos mais limpos do Estado de São Paulo, é considerado de ótima relação emoção e contato com a natureza. A atividade pode ser feita por qualquer pessoa acima de 1,20m, mesmo que não saiba nadar.  

O que levar:

Seja de dia ou de noite, esteja pronto para um banho. No rafting, use roupas confortáveis e tênis. Leve uma troca de roupas e toalha. Se for optar pela atividade diurna, lembre-se de usar o filtro solar.

Serviço:

Rafting noturno em Brotas

Datas: 28/11; 05/12, 12/12 e 30/12

Valor: entre R$ 135 e R$ 178

Operadoras: Alaya Brotas, EcoAção e Território Selvagem Canoar

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Cancelar resposta