Audiências debatem reforma administrativa e contratação de professores da “Categoria O”

Audiências debatem reforma administrativa e contratação de professores da “Categoria O”

A Apeoesp (Sindicato dos Professores do Ensino Oficial de Ensino do Estado de São Paulo), em conjunto com o mandato da deputada estadual Professora Bebel (PT), promovem audiências públicas na Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp) para debater a PEC 32, da reforma administrativa, e a contratação justa dos professores da “Categoria O” pelo governo estadual. A audiência que debaterá a reforma administrativa, proposta pelo presidente Jair Bolsonaro, através da PEC 32, que tramita na Câmara dos Deputados Federais, será às 15 horas desta quinta-feira, dia 27 de maio, enquanto que a contratação justa dos professores da “Categoria O” será abordada em audiência pública marcada para sexta-feira, 28 de maio, às 10 horas, ambas em ambiente virtual e transmitidas pelos canais de comunicação da Alesp.

A presidenta da Apeoesp, a deputada Professora Bebel, que coordenará as audiências, diz que em São Paulo, o governador João Doria (PSDB) “ataca os serviços públicos, promove extinções e privatizações, não concede reajustes e congela concursos, salários e a contagem de tempo para os benefícios da carreira, alinhando-se com (Jair) Bolsonaro, que por sua vez vem buscando aprovar na Câmara dos Deputados a PEC 32 (reforma administrativa), que acaba com os concursos públicos, com a estabilidade dos servidores públicos, abrindo as portas para a volta do apadrinhamento, do clientelismo com o uso político-eleitoral da máquina pública. Por isso, essa audiência pública é importante para debater a reforma administrativa e para organizar e ampliar a nossa participação nessa mobilização”, diz.

A audiência pública pela contratação justa dos professores da “Categoria O” é justamente para debater a situação deste segmento “muito

prejudicado por políticas excludentes. A luta da Apeoesp conseguiu avanços importantes, mas sua forma de contratação, salário e ausência de direitos formam um quadro vergonhoso na rede estadual de ensino. Por isso, realizaremos uma audiência pública em espaço virtual da Alesp reunindo os professores da categoria O, para organizar a continuidade da luta pela contratação justa e garantia de todos os direitos da carreira, como prevê a estratégia 18.20 do Plano Estadual de Educação”, destaca Bebel, convidando a todos a participarem e ajudar a engrossar esse movimento.

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Cancelar resposta