Alunos de Escola Estadual do bairro Novo Horizonte participam do Conheça o Legislativo em Piracicaba

 

O programa Conheça o Legislativo da Câmara de Piracicaba recebeu no Salão Nobre Helly de Campos Melges, a visita de 60 alunos da oitava série da Escola Estadual Francisco Mariano da Costa, do Jardim Novo Horizonte.

Ex-aluno da Escola Estadual Francisco Mariano da Costa, o vereador Paulo Campos (PSD) foi o responsável por agendar a visita dos estudantes que aconteceu nesta quarta-feira, (23).

“É um aprendizado de fundamental importância, porque a Constituição Federal prevê os 3 poderes. Hoje vocês conhecem como é o Legislativo no município. Aproveitem ao máximo e, sempre que quiserem voltar, a Casa permanece à disposição para atendê-los”, destacou o vereador Paulo Campos.

O parlamentar disse que muitos pais de família sofrem com o desemprego por causa de um processo político que desviou bilhões e bilhões dos cofres públicos.

“Por isso, é importante que vocês comecem a entender como funciona a política, para que no futuro possam escolher bem em quem votar”, reforçou.

O modelo brasileiro de Legislativo é uma herança do processo de colonização portuguesa, lembrou Alice Galvão, estagiária do Departamento de Documentação e Transparência e estudante de história.

São Vicente foi o primeiro local a possuir uma Câmara no país, em 1532, sendo que, até 1565, existiam cinco Casas Legislativas em território nacional.

As curiosidades sobre a origem de Piracicaba – chamada de Vila Nova da Constituição – foram incluídas nas explicações. A primeira Câmara local surgiu em 11 de agosto de 1822, quando a população era de 2.200 habitantes, dos quais apenas 354 tinham direito ao voto. Ela deu destaque à trajetória política de Prudente de Moraes Barros, presidente da Câmara e prefeito, senador, deputado e primeiro civil eleito presidente da República pelo voto no país.

Os alunos conheceram a diferença na forma de atuação dos poderes Legislativo, Executivo e Judiciário. Neste caso, as explicações vieram do advogado Bruno Didoné de Oliveira, servidor no Departamento Jurídico da Câmara. No Judiciário, o advogado rememorou nomes das figuras que estão à frente no STF (Supremo Tribunal Federal) e no Tribunal de Justiça de São Paulo, assim como os atuais ocupantes dos cargos do Legislativo (Congresso Nacional, Assembleia Legislativa e Câmara de Vereadores) e Executivo (presidência da República e prefeitos).

Érica Cruz Dinis, também do Departamento de Documentação e Transparência, comentou sobre a importância das leis e teceu detalhes sobre a construção da Constituição Federal de 1988. Além disso, ela lembrou que muitas vezes a função do vereador é vista de forma distorcida pela sociedade.

Ao final, Érica Cruz Dinis comentou sobre a consulta pública aberta pela Câmara desde 4 de maio, dentro do processo de implantação do Parlamento Aberto, que estabelece interação entre cidadãos e Legislativo com objetivo de assegurar transparência e acesso à informação.

Ela recomendou aos estudantes que acessassem o link da Consulta e dessem suas contribuições.

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Cancelar resposta