Após anuncio da fase vermelha, somente comércios essenciais poderão funcionar em Águas de São Pedro

Após anuncio da fase vermelha, somente comércios essenciais poderão funcionar em Águas de São Pedro

Com o anúncio da fase vermelha para todo o estado de São Paulo e a alta no número de pessoas contaminadas e de internações na região em decorrência do novo Coronavírus, Águas de São Pedro também fechará o seu comércio. O prefeito João Victor Barboza baixou decreto que permite funcionando apenas as atividades consideradas essenciais. Mais cedo, o chefe do Executivo já havia determinado também a suspensão das aulas presenciais na estância.
“Nossa média diária de casos continua muito estável, mas não podemos ignorar que a região como um todo vem apresentando dados alarmantes. Nossa retaguarda e referencia hospitalar é Piracicaba, sabemos que o número de leitos disponíveis em UTIs está baixo. Concordando ou não, é preciso seguir as recomendações do governo estadual e ficarmos em alerta para os próximos dias”, comentou o prefeito.
Piracicaba registrava na tarde desta quinta-feira (4/03) 80% dos leitos de UTI ocupados. Somente nos últimos cinco dias, o índice de ocupação subiu para 26%. Na fase vermelha, podem funcionar em Águas de São Pedro serviços essenciais como: supermercados, açougues, padarias, lojas de conveniência, de serviços bancários, hospitais, clínicas, farmácias, hotéis, pousadas, e estabelecimentos de saúde animal.
O decreto diz ainda que todos estabelecimentos podem fazer o uso dos serviços delivery ou take away. Também vai vigorar em Águas o lockdown das 22h00 às 05h00 e a GCM estará fazendo a fiscalização.

Últimas Notícias

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Cancelar resposta