Águas de São Pedro há 80 anos vendendo saúde! Parabéns a bela Estância

Águas de São Pedro há 80 anos vendendo saúde! Parabéns a bela Estância

Hoje dia, (25/07), a Estância Hidromineral de Águas de São Pedro, a segunda melhor cidade do País em IDH (Índice de Desenvolvimento Humano), completa 80 anos, vendendo saúde.

Fundada em 25 de julho de 1940 por Octávio de Moura Andrade, Águas de São Pedro é o segundo menor município brasileiro em extensão territorial com apenas 3,64 quilômetros quadrados.

Com uma população estimada de apenas 3.380 moradores em 2018, no entanto de acordo com o último censo realizado pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), a estância tinha 2.707, moradores e coleciona índices de excelência quando o assunto é qualidade de vida.

Considerada também cidade-saúde, o município sobrevive principalmente de seus potenciais turísticos e das águas sulfurosas usadas para tratamentos de diversas enfermidades. O turismo é a principal atividade de Águas de São Pedro, que recebe em média 5.000 turistas em finais de semana comuns. O número chega a ser bem maior nos feriados prolongados e em datas comemorativas como Ano Novo, Natal e Carnaval, quando passam ao menos 10 mil visitantes pela estância.

A descoberta das águas medicinais, no entanto, foi por um acaso. Na década de 20, o então fundador da estância contratou o IPT (Instituto de Pesquisas Tecnológicas), hoje USP (Universidade de São Paulo), para analisar as águas minerais descobertas acidentalmente na busca por petróleo.

A emancipação de Águas de São Pedro, antes pertencente a São Pedro, só aconteceu no ano de 1948. Impulsionada pelos banhos de águas medicinais oferecidos no primeiro balneário construído pelo fundador da cidade, mais pessoas procuravam por Águas de São Pedro e os investimentos começaram a crescer.

Em algumas décadas, o município ficou conhecido nacionalmente e internacionalmente pela sua qualidade de vida e sossego. Mais de 50% da população que reside na estância são idosos. Em Águas de São Pedro, não existe zona rural e área destinada para a vinda de indústrias.

“Temos o grande privilegio de morarmos em Águas de São Pedro, não temos registros de violência e possuímos uma das melhores qualidades de vida do Brasil. Temos um crescimento projetado que segundo o IBGE em 2018 seriamos 3.380 moradores, dados não confirmados oficialmente, no entanto isso nos permite fazer um planejamento para identificar quais setores demandam de maiores investimentos. Possuímos excelentes índices na educação e saúde em beneficiando nossa população”, disse o prefeito Paulo Barboza.

A estância também se mostra preparada para futuras expansões. Prova disso são os números que possui quando o assunto é meio ambiente. A ONU (Organização das Nações Unidas) pede que as cidades tenham 16 metros quadrados de área verde por habitantes. O município, ainda que venha a ter 10 mil habitantes um dia, ainda terá 145 metros quadrados de área verde para cada morador, número equivalente a nove vezes mais que o recomendado.

Águas de São Pedro também tem a melhor infraestrutura básica entre as 67 estâncias do Estado de São Paulo.

A cidade é administrada pelo prefeito Paulo Sérgio Barboza de Lima, conhecido como Paulinho Barboza, do PSDB, que tem como vice-prefeito, o médico Dr. Celso Marques, que é do PR.

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Cancelar resposta