Projeto Basquetebol Sobre Rodas mantém atividades online durante a pandemia

Projeto Basquetebol Sobre Rodas mantém atividades online durante a pandemia

A iniciativa visa incluir pessoas com deficiência física na prática esportiva, com apoio da OJI Papéis Especiais, através da Lei de Incentivo ao Esporte

O Projeto Basquetebol Sobre Rodas, time que representa a modalidade pela Associação dos Amigos e Paradesportistas de Piracicaba (AAPP), atende diretamente 12 atletas de alto rendimento na cidade. Contudo, desde março as atividades presenciais foram suspensas e os esportistas, a comissão técnica e a diretoria adaptaram-se para respeitar o distanciamento social. Sendo assim, passaram a desenvolver suas funções em encontros e trabalhos online, sem previsão para voltar presencialmente, já os campeonatos só retornam em 2021.

Durante a pandemia, o projeto realizou todas as ações programadas de forma virtual, como treinos, reuniões semanais, conversas e atendimentos com fisioterapeutas, além de palestras com psicólogos e nutricionistas. O projeto é viabilizado pela Lei de Incentivo ao Esporte e conta com o patrocínio da OJI Papéis Especiais, empresa localizada no município piracicabano.

A gestora de projetos de responsabilidade social na CBBA Assessoria Esportiva e técnica do time de basquetebol AAPP, Cristiane Antonelli, destaca o valor de manter a iniciativa ativa e a ocupação dos atletas no período de pandemia. “Verificamos que a importância do projeto vai muito além do basquetebol. Com ele conseguimos trabalhar o corpo e a mente principalmente nesse momento tão difícil”, afirma.

Com treinos marcados às terças e quintas-feiras, às 19h, e no último sábado do mês, às 14h, os atletas adaptaram-se para não deixar de participar dos encontros que mantém o rendimento nas quadras. Portanto, mesmo que nem todos possuam aparelho celular ou um computador, com a ajuda de familiares e amigos, os atletas têm presença garantida nas videochamadas.

Dessa maneira, o time de basquetebol AAPP, com o apoio da OJI Papéis Especiais, desenvolve conhecimentos e técnicas do esporte, pratica a integração social, elevação da autoestima, estimula a prática de atividade física, desenvolvem o raciocínio, equilíbrio emocional e psicológico, trabalham aspectos físicos e motores, o bem-estar e a consciência corporal. “Todos esses benefícios levam a inclusão da pessoa com deficiência física, melhora o rendimento dos atletas e amplia a qualidade de vida dos participantes e seus familiares”, comenta Mônica Salles, responsável pela área de Sustentabilidade da OJI Papéis Especiais.

 

Sobre Oji Papéis especiais:

Com capacidade produtiva de 120 mil toneladas de papel por ano, a empresa é líder nacional do setor de papéis especiais (térmicos e autocopiativos). Faz parte do Grupo OJI Holdings Corporation, fundado em 1873 no Japão, que atualmente conta com 35 mil profissionais e atua em quatro continentes com mais de 300 subsidiárias e unidades fabris. Em 2011, o grupo assumiu o controle da fábrica de papéis especiais de Piracicaba e iniciou suas operações no setor no Brasil. A sustentabilidade é um dos principais valores da OJI PAPÉIS ESPECIAIS, que busca gerar riqueza, valorização ambiental e social através de seus projetos socioambientais e modelo de negócio. Em 2017, a OJI foi reconhecida na segunda colocação de melhores empresas para trabalhar de Piracicaba e região, pelo instituto Great Place to Work. Já em 2018, se classificou como a 19ª melhor empresa para trabalhar no Brasil, na categoria médias multinacionais, em lista feita pela revista Época Negócios e pelo GPTW.

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Cancelar resposta