Problemas faciais afetam 70% da população e serão discutidos em Simpósio na Coplacana em Piracicaba

 Estudos clínicos apontam que cerca de 70% da população necessitam de tratamentos ortodônticos e, desse total, 20% possui alguma deformidade dentofacial, corrigível apenas com cirurgia. Os dados são expressivos e merecem que a discussão seja ampliada. Para isso, profissionais da Odontologia de todo o Brasil e de diversos países estarão em Piracicaba nos dias 24 e 25 de maio, para participar do 3º Simpósio de Tratamento das Deformidades Dentofaciais, realizado pelo Departamento de Cirurgia e Traumatologia Buco-Maxilo-Facial do Hospital dos Fornecedores de Cana de Piracicaba (HFCP), sob a coordenação do Prof. Dr. Lucas Cavalieri Pereira. Nos dois dias, o evento acontecerá das 7h30 às 18h30, no anfiteatro da Coplacana. As inscrições estão abertas e disponíveis pelo sitewww.simposioortognatica.com.br.

Visando a interação entre pesquisa e prática clínicao evento espera reunir um público de aproximadamente 200 pessoas e mais de 10 profissionais da área de Ortodontia, Cirurgia e Traumatologia Buco-Maxilo-Facial, Anestesia e Fisioterapia, com a finalidade de disponibilizar troca de conhecimentos entre os profissionais.

Foto: Divulgação

Fazem parte da grade de programação, novidades em diagnósticos e tratamentos relacionados a deformidades da face. Entre os palestrantes, o destaque internacional é o Prof. Dr. G. William Arnett, presidente do Instituto Internacional de Cirurgias Ortognáticas Arnett-Gunson (Califórnia – EUA), considerado o papa do assunto, que falará sobre seu método cirúrgico revolucionário, o protocolo FAB (Face Airway Bite), voltado à reconstrução facial, e utilizado em todo o mundo. Arnett também abordará a disfunção da ATM (Articulação Têmporo Mandibular) em pacientes com dor articular associada a deformidades.

Outro destaque é o Prof. Dr. Hugo Trevisi, diretor do CEO (Centro de Estudos Ortodônticos), de Presidente Prudente, idealizador da técnica exclusiva MBT, protocolo conhecido mundialmente, e um dos únicos ortodontistas brasileiros a lecionar no importante Congresso Americano de Ortodontia, nos Estados Unidos.

Origem do problema:

De acordo com o coordenador do evento, Lucas Cavalieri Pereira, diversas são as origens das deformidades faciais, que impressionam pela quantidade de pessoas afetadas. “É um número expressivo, que encontra origem na nossa miscigenação racial, em fatores genéticos, patológicos e, mesmo que em menor escala, em fatores naturais, como deformidades pós-acidentes”, informa. Como exemplo de pessoas famosas com deformidades, ele cita os jogadores de futebol Ronaldinho Gaúcho e Cássio e o poeta Noel Rosa, entre tantos outros.

Dentro desse cenário, o especialista destaca o papel do simpósio como uma rica oportunidade para que os profissionais brasileiros ampliem seus conhecimentos para melhorar o diagnóstico e o tratamento de pacientes com deformidades.

A grade completa da programação pode ser acessada pelo site do evento www.simposioortognatica.com.br. Os interessados em inscrever-se têm a opção de participação nos dois dias ou apenas um.

Serviço: 3º Simpósio de Tratamento das Deformidades Dentofaciais

Dias 24 e 25 de maio de 2019, das 7h30 às 18h30, no anfiteatro da Coplacana, à avenida Comendador Luciano Guidotti, 1.937, Higienópolis, Piracicaba- SP.

Informações e inscrições: www.simposioortognatica.com.br

 

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Cancelar resposta