Padoca Filosófica lança Panetone e Chocotone para o Natal

Padoca Filosófica lança Panetone e Chocotone para o Natal

A casa apresenta sua receita exclusiva e de produção artesanal do clássico símbolo natalino

Com a chegada do fim do ano, a Padoca Filosófica – espaço que propõe discussão de literatura, cinema, arte (https://www.padocafilosofica.com.br/confrariadapadoca) aliada à boa comida -, apresenta seus Panetone e Chocotone. A massa, assim como um livro cuja leitura se dá de forma lenta e sem pressa, é de fermentação natural que, no caso do Chocotone, recebe o chocolate Callebaut.

E mais do que o cuidado com o alimento, cada detalhe conta em tudo que a Padoca apresenta ao seu público. As embalagens escolhidas são feitas com tecido de algodão em diferentes estampas e com tags exclusivas feitas à mão. As encomendas já podem ser feitas pelo site (https://www.padocafilosofica.com.br/loja) ou na própria Padoca Filosófica – localizada na Rua Ferreira de Araújo, nº 320, bairro de Pinheiros -, por R$50 para o Panetone e R$ 55 para o Chocotone. No endereço eletrônico, também é possível encontrar diversas cestas artesanais que também são uma boa pedida para presentear os amigos e parentes no período de festas de fim de ano.

Além das cestas artesanais, na sessão Clube de Cinema, Literatura e Arte do site, os visitantes encontram informações sobre a programação cultural da Padoca Filosófica que conta com encontros mensais para discussão de obras literárias, cinematográficas e artísticas, com grande destaque para a Ciranda de Leitura de Grande Sertão: Veredas, de Guimarães Rosa. Os encontros são virtuais e abertos para participação de todos.

Sobre a Padoca Filosófica

Um espaço que convida a pensar, sonhar, comer e amar. É assim que a Padoca Filosófica se define, com sua massa de fermentação natural que, assim como a filosofia, exige tempo e demanda paciência, e cujo cardápio se rende às leis da natureza, respeitando a sazonalidade dos insumos e se traduz em uma verdadeira curadoria cultural. Aberto ao público de segunda a domingo das 8h às 22h.

Localizada na entrada de uma antiga vila na Rua Ferreira de Araújo, em Pinheiros, a novidade foi criada por Paulo Abbud e sua esposa Cláudia Belintani Abbud – que também são os proprietários do consagrado árabe Farabbud -, em parceria com o empresário Rodrigo Danezi. Possui 38 lugares divididos em dois ambientes, entre uma varanda a céu aberto e um arejado salão com o balcão de pedidas. O cardápio foi pensado para atender a quatro diferentes momentos, café da manhã, almoço, lanche da tarde e jantar.

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Cancelar resposta