Na 200ª coletiva de imprensa, Governo do Estado anuncia leve melhora nos números da pandemia

Municípios devem seguir o plano estadual de imunização, diz Desenvolvimento Regional 

Na 200ª coletiva de imprensa do Governo do Estado a partir do Palácio dos Bandeirantes, no dia de hoje (7), integrantes do Executivo estadual divulgaram as informações mais relevantes sobre o enfrentamento das consequências sanitárias e econômicas da pandemia de Covid-19 e anunciaram uma desaceleração nos índices referentes à pandemia de coronavírus no estado.  

Na 14ª semana epidemiológica do ano e na fase emergencial do Plano SP, as taxas de ocupação de leitos intensivos registram hoje melhora ante as semanas anteriores. Hoje o número é de 89,8%, ainda alto, mas não obstante melhor do que as taxas de mais de 90% registradas anteriormente. São 12.941 pessoas internadas em UTI e 16.171 em leitos de enfermaria. As altas hospitalares alcançam mais de 260 mil pessoas. 

A taxa de isolamento social no estado é de 43%.  O número de casos de Covid no estado caiu 2,4% e o de internações caiu 5,4%. Já o número de óbitos subiu 15,5%. 

Diante de questionamento da imprensa acerca de debate em alguns municípios sobre possível plano municipal de imunização, o Secretário Marco Vinholi ponderou que “a orientação do Governo do Estado aos municípios paulistas é que sigam a grade do plano estadual de imunização, em termos de faixas etárias e categorias profissionais como elencadas no plano”. 

SP despacha mais 1 milhão de doses da vacina para o Brasil 

SP encaminhou hoje mais 1 milhão de doses da vacina do Instituto Butantan contra o coronavírus para uso em todo o país. Já foram entregues 38,2 milhões ao PNI (Programa Nacional de Imunizações), das quais 2 milhões apenas nesta semana. 

Anunciada vacinação para quem tem de 65 a 67 anos 

Em SP, a imunização de novas faixas começa nos dias 14 e 21 de abril, com chegada de vacinas da Fiocruz nesta semana; SP já aplicou mais de 7 milhões de doses. O novo grupo totaliza 1,11 milhão de pessoas. O avanço da campanha depende da chegada das vacinas da Fiocruz ainda nesta semana. O objetivo é iniciar a vacinação de pessoas de 67 anos (350 mil pessoas) no próximo dia 14. Uma semana depois, no dia 21, outras 760 mil pessoas com 65 e 66 anos poderão receber a primeira dose da vacina antivírus. 

Últimas Notícias

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Cancelar resposta