Crea-SP apura responsabilidade técnica por rompimento de tubulações em condomínio de Barueri

Fiscalização do exercício profissional colabora para evitar ocorrências

A Fiscalização do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Estado de São Paulo (Crea-SP) está apurando a responsabilidade técnica referente ao rompimento das tubulações da caixa d’água no condomínio Viva Mais Barueri, ocorrido no último sábado (24/4) em Barueri, na Grande São Paulo.

No mesmo dia, o Crea-SP, notificou a direção do condomínio para apresentação de toda a documentação e identificação dos engenheiros envolvidos na recuperação das juntas de dilatação do Bloco 6, onde se encontra a caixa d’água.

Um processo administrativo foi prontamente instaurado pelo Crea-SP e um boletim de ocorrência foi registrado pela síndica do condomínio, atendendo orientação do Chefe de Fiscalização, para investigação dos fatos.

No domingo de manhã, dia 25, a Fiscalização enviou ofício ao responsável técnico da construtora pedindo celeridade na prestação de informações, salientando o risco à vida dos moradores. À tarde, foi informado pela Defesa Civil de Barueri de que, após a realização de testes que detectaram movimentações significativas, o Bloco 6 seria interditado.

O Crea-SP é responsável pela fiscalização das atividades de profissionais das Engenharias, Agronomia e Geociências, coibindo o exercício ilegal das profissões, trabalho que colabora para que acidentes sejam evitados.

Sobre o Crea-SP – Instalada há 86 anos, a autarquia federal é responsável pela fiscalização, controle, orientação e aprimoramento do exercício e das atividades profissionais nas áreas da Engenharia, Agronomia e Geociências. O Crea-SP está presente nos 645 municípios do Estado, conta com cerca de 350 mil profissionais registrados e 75 mil empresas registradas.

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Cancelar resposta